sexta-feira, 1 de junho de 2012

StringZ-HD

Lembram-se do Cut The Rope, jogo que falei aqui há uns tempos? Ora então, e se em vez de cortar cordas tivessemos de as criar? É o que temos de fazer neste StringZ-HD da WingzStudio, um jogo onde a física e a pontaria fazem toda a diferença.


O pequeno Z é um alien que fica separado da sua nave ao tentar reparar um satélite no espaço, e cabe-nos a nós dar-lhe uma mãozinha para conseguir voltar à segurança do seu veículo espacial.

A ideia é simples, ao activarmos uma alavanca que se encontra no ecrã em baixo, o pequeno Z é largado de uma garra mecânica, e teremos de criar cordas e elásticos no ar, de maneira a que este seja encaminhado até ao interior da sua nave.


No primeiro nível apenas temos de o deixar cair que este cairá direitinho na nave, mas nos seguintes já teremos obstáculos e demais perigos que devemos evitar, como por exemplo, rochas, plataformas rotativas, buracos negros, bombas, lasers, etc...

Para criar estas cordas (ou elásticos) basta desenhá-los com o dedo no ecrã, sendo depois possível alterar o seu ângulo e tamanho.

Como este é um quebra cabeças que se preza, só podemos usar um determinado número de cordas, e quanto mais curtas forem, mais pontos ganhamos.


Para desbloquear os planetas mais avançados teremos que coleccionar o maior número de estrelas que conseguirmos. Estas estrelas estão espalhadas por cada nível, e podemos apanhar três no máximo, mas aviso já que apanhar duas já será bem complicado de conseguir em alguns níveis.

O jogo acaba por se tornar num desafio de timing, com a introdução de laser intermitentes mais para a frente, mas os seus puzzles que desafiam a física funcionam muito bem.

Com uns gráficos magníficos, têm aqui um jogo casual com muita piada, que devem agarrar já enquanto se encontra gratuito na AppStore (app universal compatível com iPhone e iPad).




StringZ-HD na AppStore (Brasil)

StringZ-HD na AppStore (Portugal)

3 comentários :

  1. Excelente produção Nacional! Este jogo foi feito por uma empresa portuguesa de Coimbra

    ResponderEliminar