domingo, 22 de fevereiro de 2015

Alto's Adventure

Um jogo lindíssimo que experimentei recentemente e fiquei completamente viciado, foi este Alto's Adventure da Snowman, um deslumbrante jogo de snowboard dentro do género Endless Runner, que nos deixa de queixo caído com o visual incrível que nos é apresentado.


Já não via um jogo com um aspecto gráfico assim tão espectacular desde o tempo da estreia do também fantástico Monument Valley, um dos meus jogos favoritos de todo o sempre. Alto's Adventure é um jogo que vive muito do visual maravilhoso que foi criado, cenários lindíssimos na neve, com o tempo a passar à medida que vamos jogando, mudando de dia para a noite, e do sol para a chuva, isto enquanto vamos deslizando montanha abaixo.

Como jogo Endless Runner que é, temos basicamente aquilo que é esperado dentro do género, temos um aventureiro em cima de uma prancha de Snowboard, que se aventura a descer a montanha carregada de neve, o qual controlamos com um único dedo no ecrã para o fazer saltar, ou para que este execute manobras enquanto está no ar (mortais).


Os controlos podem ser simples, mas há uma pequena curva de aprendizagem, como seria de esperar. Timing é essencial, porque saltar no momento certo permite-nos executar os mortais e cair com a prancha na posição certa (ao contrário de nos enfiarmos com a cabeça na neve e ter de recomeçar a corrida novamente). Mas não há que temer, porque na primeira vez que iniciamos a descida, são explicados os controlos, e aquilo que temos de fazer, numa espécie de tutorial curtinho, que de seguida nos larga a mão, e nos deixa experimentar livremente por nós próprios.

Cada descida que iniciamos na montanha apresenta-nos uma viagem completamente diferente, pois o caminho é gerado de forma aleatória de todas as vezes que arrancamos. Os desafios que encontramos pela frente são as pedras e fogueiras que encontramos no caminho, assim como precipícios, precisando de saltar sobre todos estes obstáculos.



Sempre que andamos com a prancha sobre cabos que ligam estruturas, sobre telhados, ou quando executamos um mortal, ganhamos velocidade, o que nos permite rebentar com as rochas durante alguns segundos, e ao mesmo tempo vemos o nosso cachecol a crescer, o qual chegando a um certo tamanho nos permite flutuar durante alguns segundos (à lá Marty McFly com a sua hoverboard).

Para além da distância percorrida e dos truques que executamos, apanhar os Lamas que correm no caminho também nos dão pontos e moedas, que podem depois ser usados na loja para melhorar o alcance do imã que recolhe as moedas no caminho, aumentar o tempo de voo sempre que saltamos por cima de um obstáculo, ou para adquirir o Wingsuit, um fato que nos dá asas e que muda por completo a jogabilidade, permitindo-nos voar sobre a vasta paisagem, e conseguir combos de pontos incríveis.


Outro desafio importante são os anciãos da aldeia, que encontramos ocasionalmente no caminho, e que nos perseguem para nos derrubar. Aqui o objectivo é mesmo ser mais rápido do que eles, de maneira a que desistam nos perseguir, e para isso há que fazer rapidamente uns mortais, saltar para cima de telhados ou dos cabos pendurados.

A progressão do jogo está muito bem pensada, fazendo-nos saltar de nível sempre que conseguimos concluir 3 objectivos em particular por cada nível (coisas como esmagar uma rocha, escapar a um ancião, apanhar 15 lamas, etc, etc). Subir de nível é importante, pois permite-nos desbloquear um novo snowboarder a partir de um certo número de desafios ultrapassados, cada um com características diferentes, num total de 6 (incluíndo até um Lama, que tem a capacidade de dar um duplo salto).



Se ainda não ficaram convencidos pelas imagens aqui em cima, vejam o vídeo aqui em baixo, e segurem bem esse queixo, que este jogo é mesmo bonito, e altamente viciante. A partir do momento em que iniciamos a primeira descida da montanha, é muito difícil pousar o jogo, acreditem em mim, pois queremos jogar mais uma e outra vez para conseguir concluir mais um objectivo e conseguir assim desbloquear um novo snowboarder.

O jogo custa pouco mais que dois cafés, e não tem quaisquer compras in-app. Por isso, tudo o que houver para ganhar tem de ser a jogar mesmo, à moda antiga, como devia ser, e não andar constantemente a comprar porcarias para avançar no jogo. ;)

Não percam este grande título, com os seus 60 níveis e 180 desafios, pois é uma delícia poder observar estes cenários dinâmicos e lindíssimos, especialmente no ecrã grande do iPad, por isso aproveitem que é um jogo universal, e que sincroniza o nosso progresso entre iPhone, iPad, e iPod Touch.



Alto's Adventure na App Store (Brasil)

Alto's Adventure na App Store (Portugal)

Tamanho: 64.9 MB



Sem comentários :

Enviar um comentário