terça-feira, 26 de abril de 2016

The Battle of Polytopia

Sou grande fã do Settlers, já desde os tempos do glorioso Commodore Amiga 500. E foi uma grande surpresa quando descobri este The Battle of Polytopia da Midjiwan AB, um jogo de estratégia que nos põe a explorar novas terras e a combater outras civilizações, com uma mecânica diferente do Settlers, mas igualmente viciante.



Para quem aprecia construir uma cidade, gerir os vários serviços que a suportam, agricultura, caça, pesca, minas de materiais preciosos, criar e gerir tropas, para depois avançar pelo território e conquistar outras cidades e povos, não vão mais longe, que temos aqui um novo e magnífico vício.

Mas este não é um RTS ao estilo a que estamos habituados (e não é um Settlers, de todo), pois foi adaptado para uma vida mais acelerada, onde pegamos no iPhone para jogar um joguinho rápido aqui e ali (como é o caso do Clash Royale), e isto encaixa muito bem no dia a dia de muitos jogadores casuais.

Aqui não há a pressão do "tempo real", pois é um jogo "turn based", onde podemos fazer uma série de movimentos na nossa vez, como por exemplo evoluir uma cidade, construir novos serviços, tratar da investigar novas ciências e capacidades, construir soldados e movê-los pelo terreno fora, e depois aguardar pelos movimentos dos outros povos (que não conseguimos ver ainda nos primeiros momentos do jogo).

E o objectivo também não é o esperado, pois normalmente teríamos de conquistar todos os povos, todo o mapa, mas aqui temos um número limite de jogadas, e portanto o nosso objectivo principal é conseguir a maior pontuação possível, antes que se acabem estas jogadas.

Isto pode parecer estranho da primeira e segunda vez que jogarmos, ao vermos aparecer o tão chatinho "Game Over", quando estavamos tão entusiasmados a dizimar uma qualquer civilização, mas depressa percebemos que o jogo é mesmo assim, e está muito bem pensado, para os momentos curtos que estaremos de volta do jogo (que pode muito bem ir até 30 minutos, à medida que vamos percebendo melhor como evoluir mais depressa e melhor)..

Seremos aquela civilização que vai ganhar pontos a construir grandes cidades, evoluíndo tudo o que houver para evoluir na árvore das características? Ou seremos o povo que vai criar um grande exército, e partir à conquista de todos os outros povos que se encontram no mapa?

Com uma boa dose de civilizações para escolher no início de cada jogo (cada uma com diferentes vantagens no arranque), e ainda algumas civilizações extra para escolher se quisermos contribuir com uma compra in-app para ajudar os seus criadores, temos aqui um jogo de estratégia brilhante, que por este preço não se percebe como é que não está no top 10 da App Store.


The Battle of Polytopia na App Store

Tamanho: 30.2 MB



Sem comentários :

Enviar um comentário