quarta-feira, 1 de julho de 2015

Lifeline

Gostam de jogos mas não têm muito tempo para jogar? A proposta da 3 Minute Games é muito interessante, com o seu jogo Lifeline, uma aventura a fazer lembrar os livro-jogo do género das Aventuras Fantásticas dos anos 80, que se vai jogando aos poucos todos os dias, e onde temos de ajudar um astronauta que se despenhou algures no espaço.



Recebemos uma mensagem de um desconhecido no nosso comunicador, um astronauta que se despenhou numa lua alienígena, e que apenas conseguiu estabelecer comunicação connosco. A partir deste momento passamos a ser a sua linha de salvação, falando com ele, e ajudando-o a tomar decisões do que fazer a seguir para sair daquela situação, e de preferência que não o levem à morte.

Em vários momentos durante o dia e noite, Taylor vai-nos contando e descrevendo a situação em que se encontra, e pede-nos a nossa opinião acerca do que deve fazer a seguir. Temos sempre duas opções, dois caminhos a seguir, e muitas das vezes podemos mandar o astronauta fazer algo perigoso, ou que simplesmente não lhe agrada, percebendo isso pelos seus comentários desagradáveis ou de desespero.

O jogo funciona à base de notificações, que são as comunicações de Taylor connosco, que nos levam para o interior do jogo, e onde avançamos um pouco mais na história, com o astronauta a por-nos a par dos últimos desenvolvimentos (do último caminho que percorreu, do acidente que sofreu enquanto atravessava uma cratera, etc).

Como é um jogo que se passa em tempo real, depois de mandarmos Taylor fazer alguma coisa, teremos de aguardar até haver nova comunicação (se o astronauta for dormir por exemplo, pode demorar algum tempo até haver notícias suas).

Muito interessante é o facto de podermos receber essas notificações no ecrã bloqueado do iPhone, onde podemos de imediato tomar uma decisão, respondendo directamente na própria notificação, como se pode ver na imagem aqui em cima. Para quem tiver um Apple Watch, melhor ainda, que as notificações vão parar ao relógio, e podemos comunicar aí directamente com o astronauta.

Ao fim de algumas horas, ou dias, começamos a ficar ligados a este personagem, e a ter mais cuidado com as coisas que o mandamos fazer, pois ele está mesmo rodeado de perigos, e passamos a sentir na pele os seus medos, e aquilo que lhe acontece. Há situações onde Taylor nos pedirá para ir pesquisar ao Google acerca de algo científico, para perceber se poderá sobreviver em determinadas condições, o que torna tudo isto ainda mais interactivo.

Se o coitado morrer, podemos reiniciar a aventura, mas desta vez podemos voltar atrás em qualquer decisão tomada, e alterar para a outra opção para ver o que acontece se ele fizer algo diferente. Jogar da segunda e terceira vez já não é tão entusiasmante pois já sabemos algumas das coisas que vão acontecer, e esperar pode ser uma seca (para os jogadores mais impacientes é possível activar um modo rápido que não nos deixa à espera das respostas e acções de Taylor), mas é o preço a pagar para chegar ao final da história (uma delas, que os caminhos possíveis são muitos).

O jogo está neste momento ao preço mais baixo de sempre por 0,99€, é compatível com iPhone e Apple Watch (tem o formato ideal para ser jogado neste magnífico smart watch diga-se de passagem), é falado em Inglês, Francês ou Alemão, e conta com uma banda sonora Sci-Fi um pouco assustadora para quem o jogar no iPhone.

Tentem salvar o pobre astronauta, e não se esqueçam, no espaço ninguém vos ouve gritar. ;)


Lifeline na App Store (Brasil)

Lifeline na App Store (Portugal)

Tamanho: 20.3 MB



1 comentário :

  1. Muito bom esse jogo, para quem quiser conferir um detonado dele segue link:

    https://www.youtube.com/watch?v=sDDWAamRSi0&list=PLPMLsnW0HValj5l75nnzv9OPVhTkyN_U_

    ResponderEliminar