segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Textual description of firstImageUrl

12 Labours of Hercules II: The Cretan Bull

Já há algum tempo que não passava por aqui um destes jogos de gestão frenéticos onde temos de gerir montes de recursos e trabalhadores. A fórmula é sempre a mesma, mas para quem gosta disto, temos hoje grátis na App Store o 12 Labours of Hercules II: The Cretan Bull da Jetdogs Oy.


Estes jogos de gestão de tempo gozam de algum sucesso nas suas versões de desktop para PC, e também começam a ganhar bastantes fãs nas suas versões para iOS. Jogar um destes jogos num iPad é sempre melhor por causa do ecrã maior, mas mesmo num iPhone está-se muito bem servido.

Neste segundo episódio temos de ajudar Hércules a domar o grande Touro de Creta, e para isso teremos que atravessar cerca de 40 cenários, onde teremos que recolher recursos, gerar comida e madeira, construir pontes, remover obstáculos que bloqueiam os caminhos, e usar os poderes de Hércules para combater bestas e remover pedras gigantes das estradas.

O jogo pode ser jogado num modo extremamente fácil, casual, ou mesmo difícil, dando para todo o tipo de jogador. Há muita coisa para fazer neste jogo que conta alguns puzzles para resolver e tem uns gráficos bem porreiros para o tipo de jogo que é. Aproveitem a promoção e instalem-no enquanto está grátis na App Store.


12 Labours of Hercules II: The Cretan Bull na App Store

Tamanho: 222 MB



sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Textual description of firstImageUrl

UFO on Tape

Com a confirmação de que os Estados Unidos da América têm um ramo das forças armadas que anda a investigar a existência de OVNIs entre nós, o jogo UFO on Tape da Revolutionary Concepts, ganha novo fôlego, colocando-nos também a tentar apanhar extra terrestres com o nosso iPhone, e podem encontrá-lo grátis na App Store.


Num belíssimo passeio de carro pela cidade, a nossa namorada vê algo estranho no céu e pede-nos para filmar com a câmara do telemóvel. Como namorado curioso e obediente que somos, apontamos o iPhone para o céu e tentamos acompanhar aquele estranho objecto voador não identificado.

A ideia é conseguir filmar o OVNI o máximo de tempo que aguentarmos. Mas há uns quantos problemas, primeiro o carro está em andamento, o OVNI não pára quieto movendo-se rapidamente de um local para o outro, e temos muitos objectos a passar na nossa frente, o que nos podem levar a perder de vista o disco voador.


Também não ajuda ter uma namorada chata que não se cala, sempre a mandar vir connosco para não perdermos o OVNI de vista. E é assim que perdemos o jogo. Se o OVNI sair do ecrã e não o conseguirmos encontrar em 1 ou 2 segundos, o ícone da bateria começa a piscar com a cor vermelha, e GAME OVER MAN!

O objectivo deste jogo é mesmo tentar obter o melhor tempo possível (o mais longo). E é certo que sempre que perdemos, vamos querer tentar de novo, porque da próxima vez vamos aguentar muito mais tempo. Podem ter a certeza que sim, e o jogo é bem viciante neste aspecto.

Este é um jogo onde basta apontar com o iPhone e movê-lo em todas as direcções para seguir o OVNI no céu. Podemos parecer uns maluquinhos, mas isto é de facto o melhor uso que já se viu dar do giroscópio e acelerómetro de um iPhone. Não é à toa que o jogo foi premiado e extremamente bem aclamado pela crítica.


UFO on Tape na App Store

Tamanho: 46.9 MB



UFO on Tape - Rating: 4

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Textual description of firstImageUrl

Battery Life

A Apple veio finalmente confirmar que diminui as velocidades de processamento dos iPhones que tenham as baterias com problemas. Convém portanto saber qual o estado da bateria do nosso iPhone, e esta app Battery Life de Victor Robinson, pode vir dar uma ajudinha, e podem encontrá-la grátis na App Store.


Se forem à secção da bateria nas definições do iPhone, podem encontrar lá um aviso de que a vossa bateria tem problemas e está a precisar de ser trocada. Mas isto só acontece quando a bateria está mesmo a dar as últimas, daí o interesse desta app Battery Life, que nos vai informando do nível de degradação da bateria.

Se o vosso iPhone tem mais de 2 anos, e sentem que de vez em quando está mais lento do que é costume, podem culpar de imediato o iOS novo que instalaram. Até ao iPhone 7, o iOS tem uma funcionalidade que pode reduzir a performance do iPhone no caso de estar na presença de uma bateria velha, ou se estiver muito frio para esta operar em condições. Isto é feito para prevenir que o iPhone se desligue de forma prematura, algo que o faz para proteger os componentes eléctricos no caso de falha inesperada de uma bateria com muito uso.

Trocar uma bateria dá uma nova vida a qualquer iPhone, e já o fiz umas duas vezes, sempre com resultados espectaculares. E agora ficamos a saber que para além de passarmos a ter um iPhone com bateria para um dia inteiro, este também pode ficar mais rápido, que é algo que algumas pessoas mencionaram ao trocar a bateria.

Esta app Battery Life diz-nos mal entramos qual o estado da bateria do iPhone. Excelente é aquilo que queremos ver, mas a informação pode vir já com alguma percentagem pequena de degradação. Se acedermos aos "Dados Brutos" no Menu do lado esquerdo, podemos verificar qual a carga actual da bateria, e em baixo a sua capacidade e estado de degradação (100% é o ideal, e a partir daí convém ir acompanhando o seu estado).

À medida que vão usando a app, o seu histórico começa a ser preenchido com todas as vezes que foi verificada a capacidade da bateria, percebendo-se ao longo dos meses (ou anos) qual o nível de degradação da bateria, e temos até um gráfico para verificar isso se não quisermos estar a olhar para datas e percentagens.

A app é paga por publicidade que aparece aqui e ali, mas que pode ser retirada através de uma compra in-app. A Battery Life por si só vale a pena, pela informação que nos dá, mas com um muito útil Widget que nos pode mostrar a informação da degradação da bateria no ecrã bloqueado sem ter de abrir a app, assim já parece bem melhor a compra in-app.


Battery Life na App Store

Tamanho: 7.8 MB

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Textual description of firstImageUrl

Stairs

Peritos em fazer jogos onde podemos queimar apenas alguns minutos de uma forma bem rápida e divertida, a Ketchapp já é presença habitual aqui no blog. O último jogo a passar pelo meu iPhone é este Stairs, que podem encontrar grátis na App Store, e é mais um daqueles desafios de nos deixar com os nervos em franja.


Em Stairs controlamos uma pequena bola que vai avançando escadas acima, sem fim à vista, tentando acertar nos pequenos círculos brancos no chão, que nos dão maior pontuação quantos mais conseguirmos acertar de forma seguida. Há que evitar cair com a bola em cima dos picos pretos, e é só isto o jogo. Ok, podem passar ao próximo! ;)

O jogo é desafiante na medida em que é muito importante não falhar os círculos brancos (porque a pontuação é mais alta enquanto estivermos a fazer combo), e ao mesmo tempo a velocidade que começa a aumentar escadas acima, tornando-se cada vez mais difícil controlar a bola a tempo para não cair em cima dos picos.

Para além do modo infinito do jogo, temos um modo de desafios onde temos de chegar ao cimo de um determinado número de escadas, numa série de desafios que vão aumentando de dificuldade gradualmente. Temos também um modo onde não podemos falhar nenhum círculo branco senão perdemos de imediato.

Há também um modo de desafios onde jogamos com o controlo invertido (deslizar o dedo para a esquerda, move a bola para a direita, e vice versa), e um modo onde temos o mundo virado de pernas para o ar, que vai com toda a certeza dar cabo do cérebro de algumas pessoas. É tudo uma óptima razão para fazer ginástica cerebral, por isso instalem o jogo, e tentem chegar o mais longe possível, ou concluir o maior número de desafios que conseguirem.


Stairs na App Store

Tamanho: 65.7 MB



terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Textual description of firstImageUrl

Life Is Strange Lite

Foi no ano de 2017 que pudemos finalmente dizer "mas quem é que precisa de uma consola para jogar grandes jogos?". Desde Setembro que tem sido uma loucura de jogos das consolas a aparecerem também para iPhone e iPad, e agora temos este Life Is Strange Lite da SQUARE ENIX INC., um jogo que a crítica e jogadores adoram, e traz-nos os primeiros minutos para jogar, grátis na App Store.


Esta é uma aventura que mistura point-and-click com as nossas decisões efectuadas através de diálogos e acções, ao estilo das aventuras da TellTale Series, mas com uma experiência bem mais refinada e espectacular, não viesse este jogo dos PCs e Consolas.

No jogo vestimos a pele de Max, uma estudante de fotografia, que descobre ter um poder muito peculiar, que é a capacidade de fazer recuar o tempo. Com isto consegue salvar a sua amiga Chloe, e a partir daí ver-se-á envolvida numa teia de acontecimentos que a irá levar à descoberta de muitos mais crimes que andam a acontecer na cidade onde vive.


Este é um jogo constituído por 5 episódios, e o primeiro episódio pode ser adquirido directamente neste link por 3,49€. No entanto se quiserem experimentar os primeiros minutos do jogo, e até para ver se corre bem no vosso iPhone, é só instalar esta versão gratuita Life Is Strange Lite, que já vai dar para perceber como tudo funciona.

Esta pequena aventura inicial leva-nos até ao momento em que Max descobre os seus poderes, e teremos a oportunidade de usá-los pela primeira vez, e assim entender como é a mecânica do jogo. Premiado pela crítica pela sua banda sonora, história original e altamente emocional, este é um jogo que vão querer jogar, sem dúvida nenhuma.


Life Is Strange na App Store

Tamanho: 959.6 MB







Life is Strange Lite - Rating: 4

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Textual description of firstImageUrl

DEAD 2048

Foi com o original Threes! que começou esta aventura de combinar peças para obter um número cada vez maior, que acabou por explodir mais tarde com uma imensidão de jogos 2048. Como já foi provado com The Human Age, ainda é possível inventar algo novo inspirado nesta fórmula, e agora com o gratuito DEAD 2048 da Cogoo Inc., temos ainda mais, um jogo que mistura 2048 com o género Tower Defense, e de uma maneira brilhante.


O mundo como o conhecemos já era, e uma infecção transformou a maior parte dos humanos em zombies. Posto isto de lado, que é a história de todos os jogos que metem zombies ao barulho, há que ajudar os últimos humanos a resistir aos ataques dos infectados, e quem sabe até encontrar uma cura para a infecção e salvar o planeta?

Este jogo Indie está muito bem concebido, agarrando na mecânica de jogo do 2048, e ultrapassando-a com um jogo que é também um jogo de Tower Defense, pois há zombies a caminhar para nos destruir, e temos que acabar com eles, antes que eles acabem connosco.

Num terreno bem pequeno, com uma grelha de 4 por 4, começamos por construir as primeiras casas com habitantes para defender o caminho por onde vêm os zombies. Combinar 2 casas iguais faz com que estas passem para um próximo nível, transformando-se numa nova estrutura mais potente, eventualmente passando para torres de defesa bem eficazes a eliminar zombies.

Para combinar estruturas, apenas temos que deslizar com o dedo na diagonal, fazendo com que todas as estruturas se desloquem no ecrã na direcção pretendida. Esta é a parte que é bem idêntica a jogos como 2048 ou Threes!. Mas depois temos o caminho em volta do nosso terreno, por onde vêm os zombies, e há que ter estruturas de defesa encostadas à cerca, para que os humanos disparem sobre os monstros.

Isto complica a nossa tarefa de combinar estruturas para obter maiores e melhores torres de defesa, pois podemos retirar uma preciosa torre que esteja encostada à cerca no caminho, e colocá-la no meio do terreno, onde não ataca ninguém, o que é um desperdício, e pode-nos levar à morte.

Se os zombies não forem eliminados, eles ficam presos numa jaula inventada pelos humanos, mas esta jaula tem um limite, e quando ficar cheia, eles acabam por destruir a povoação dos homens e perdemos o jogo. Também, sempre que não conseguimos destruir um zombie, aparece uma estrutura contaminada no meio do nosso terreno, a qual tem que ser eliminada combinando com uma estrutura idêntica não contaminada.

Como em Threes! ou 2048, temos de chegar a um determinado número de combinações das estruturas, para chegar finalmente ao laboratório que inventará a cura, e nos leve à vitória. Para isso vai ser preciso muita prática e estratégia, e até usar as pequenas ajudas que podemos adquirir com compras in-app (ou tocando no pequeno avião que sobrevoa por vezes o terreno), que nos permitem eliminar estruturas fracas, desfazer uma jogada, construir uma torre de imediato, etc.

Se gostam de jogos estilo 2048, então vão ter de experimentar este DEAD 2048, que com esta modalidade de Tower Defense, torna tudo isto ainda mais stressante, com a pressão do tempo a jogar contra nós, e os zombies que acabam por nos destruir se não colocarmos as torres mais potentes de forma estratégica junto às cercas.


DEAD 2048 na App Store

Tamanho: 219 MB




DEAD 2048 - Rating: 4

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Textual description of firstImageUrl

Glopy

Aqueles jogos de madeira com labirintos onde temos de levar pequenas esferas de metal até aos respectivos buracos continuam a ser dos meus favoritos, e agora acabou de aparecer na App Store um jogo que eleva isto tudo para um nível nunca antes visto. Trata-se de Glopy da Hayrullah Emre KalafatGunes, e não temos apenas um jogo de madeira para resolver, mas sim 24 puzzles delirantes.


Tenho em casa alguns destes jogos de madeira antigos, onde é preciso muita paciência e destreza para resolver os puzzles. Aqueles onde temos de colocar as pequenas esferas nos buraquinhos são especialmente frustrantes e desafiantes, mas quando conseguimos ter tudo no seu respectivo lugar ficamos bem satisfeitos.

Este Glopy põe-nos à frente no seu primeiro puzzle uma pequena bola de madeira, com caminhos escavados na sua superfície, e uma pequena esfera colorida que temos de fazer chegar ao buraco com a mesma cor. O primeiro puzzle é muito simples, e apenas para demonstrar como tudo funciona, e até para praticarmos como mover a bola em todas as direcções.

Estas bolas têm partes móveis, que ao serem rodadas nos permitem estabelecer um caminho viável para a esfera atravessar até chegar ao buraco da sua cor respectiva. Quando todas as bolas tiverem saído pelos seus buracos, passamos para o próximo puzzle, para a próxima bola.

Os primeiros 5 puzzles vamos concluí-los em tempo recorde, mas num instante percebemos que cada bola que vem a seguir introduz algo novo para nos vai dificultar a vida, o que vai fazer com que demoremos bem mais tempo a chegar ao final. Passamos a ter caminhos mais complexos para atravessar, alavancas que bloqueiam as partes móveis da bola, caminhos com tinta que mudam a cor das esferas, etc, etc.

Quando começamos a ter esferas que não têm um buraco com a sua cor, sabemos que temos de levá-las por um caminho que tenha tinta para mudar a sua cor, mas com 4 ou 5 esferas a passearem livres na bola, temos de pensar muito bem nos nossos movimentos para não fazer asneiras. Porque se uma esfera calhar de cair num buraco que não é da sua cor, perdemos o jogo, e temos de recomeçar esse puzzle do início.

Para controlar esta bola gigante, apenas temos de deslizar com o dedo (ou dedos) abaixo do puzzle para a poder girar em todas as direcções, e tocar directamente nas partes móveis da bola para as mover e assim orientar os caminhos para as esferas atravessarem. É de salientar que as pequenas esferas obedecem à gravidade, portanto se inclinarmos o iPhone, estas movem-se em conformidade na direcção da inclinação (como nos jogos de labirintos).

Com uma banda sonora bem simpática e um visual incrível, que parece mesmo que temos um destes puzzles de madeira à nossa frente na mão, este é um jogo obrigatório para quem aprecia resolver puzzles onde é precisa muita destreza, concentração e paciência. Puzzles inspirados em objectos reais, mas com mecânicas que não seriam possíveis num verdadeiro puzzle deste género.

Os gráficos 3D do jogo são incríveis, mas é possível reduzir a qualidade gráfica e desligar a música, se quisermos poupar um pouco a bateria do iPhone, o que por vezes pode dar jeito se estivermos longe de um carregador. Compatível com o ecrã fantástico do iPhone X, este jogo de 2€ é fantástico e recomendo vivamente aos fãs do género.


Glopy na App Store

Tamanho: 406 MB




Glopy - Rating: 4,2

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Textual description of firstImageUrl

Playdead's INSIDE

Que dias incríveis vivemos actualmente na App Store. A quantidade de jogos de grande qualidade que nos chegam directamente das melhores consolas é sufocante. Primeiro com The Witness, depois com GRID Autosport, e agora com o espectacular Playdead's INSIDE da Playdead, um belíssimo jogo dos criadores do também fantástico e intrigante Limbo.


Como no assustador Limbo, o seu primeiro jogo do género a aparecer na App Store, controlamos um rapazinho, na sua aventura através de um mundo desconhecido e carregado de perigos, onde não sabemos o que temos de fazer, quem somos, o que estamos ali a fazer, e apenas temos aquele instinto básico e primário de tentar não morrer.

Como jogo side scrolling que é, temos de avançar para o lado direito para ir descobrindo o mundo, passo a passo, perigo a perigo. Num instante percebemos que temos de deslizar com o dedo para cima para saltar por cima de obstáculos, e que mantendo o dedo no ecrã nos permite arrastar caixotes e outras coisas, para podermos chegar a locais mais altos.


Mas de saltar por cima de obstáculos e empurrar um pequeno caixote, depressa percebemos que há perigos à espreita, como homens que mal nos vêem se apressam a tirar-nos a vida, a cães que nos despedaçam o corpo se não formos rápidos a chegar a um local seguro. Sim, este jogo não perdoa neste aspecto, é completamente brutal, e recomendo vivamente o uso de headphones, que aumenta a experiência do jogo umas 100 vezes.

Como se pode ver os gráficos são belíssimos, e como tal convém ter um iPhone 6S ou melhor, senão não vos é permitido jogar o jogo por questões de compatibilidade. Os controlos são soberbos e muito simples, e apesar de permitir o uso de um controlador MFi, não é de todo necessário.


Um jogo de terror como o Limbo, onde passaremos por momentos bem assustadores com o míudo, e com muitos puzzles e quebra cabeças para resolver. Alguns momentos são brilhantes e de um engenho incrível, mostrando a criatividade espectacular da equipa da Playdead. Este é um jogo que aguardava há muito que chegasse ao iPhone e iPad, e posso-vos dizer que é uma beleza de jogar no ecrã completo de um iPhone X.

Da mesma maneira que fizeram para as consolas como a Playstation, INSIDE permite-nos jogar o primeiro capítulo do jogo completamente grátis, o que se traduz nuns bons 10 minutos a experimentar este mundo negro, belíssimo, e aterrorizante, o que é algo que recomendo a toda a gente. Para adquirirem todos os restantes capítulos basta adquiri-los através de uma compra in-app de cerca de 9€. Isto é metade do preço a que o jogo está nas consolas e PC, o que é de louvar, e um incentivo extra para o comprar sem olhar para trás.


Playdead's INSIDE na App Store

Tamanho: 1.27 GB




Playdead's Inside - Rating: 5

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Textual description of firstImageUrl

Selfissimo!

Os fãs das selfies têm uma nova experiência da Google disponível grátis na App Store. Trata-se da app Selfissimo! da Google Inc., que transforma o nosso iPhone num autêntico fotógrafo particular, que vai tirando fotos conforme vamos movendo o telemóvel, inclusive dizendo palavras de incentivo e elogios enquanto vai disparando.


Esta app usa a câmara frontal para nos tirar uma série de fotos a preto e branco, de forma completamente automática, bastando fazer uma nova posse e parar por 1 segundo para que a Selfissimo tire nova foto, e por aí fora.

A app é uma experiência da Google que usa um algoritmo de visão que detecta quando realizamos uma nove pose, e isto de forma fluída, como se estivessemos de facto numa sessão fotográfica com um fotógrafo profissional na nossa frente, a tirar foto atrás de foto seguidas sem parar. Um fotógrafo que sempre que dispara vai dizendo coisas como "espectacular", "fantástico", "magnífico", "potente", etc, tudo palavras para nos incentivar a fazer melhores poses.

No final basta tocar no ecrã para parar a sessão fotográfica, e é-nos apresentado de imediato uma folha de contacto com todas as selfies que tiramos. A partir daqui podemos tocar em cada foto individualmente para a visualizar em grande, e guardar aquelas que achamos estarem melhor. Em alternativa, podemos também guardar a folha de contacto com todas as selfies.

Não há um botão para gravar todas as fotos automaticamente, por isso temos mesmo que abrir uma a uma para as guardar. Já a folha de contacto, basta tocar no botão de partilhar, que guarda de imediato esta grelha com todas as selfies, que tem sempre a sua piada ficar com este registo.


Selfissimo! na App Store

Tamanho: 195 MB



segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Textual description of firstImageUrl

O Barco do Amor

Que grande nostalgia que bateu agora, especialmente se foram como eu, daquelas pessoas que assistiram na televisão há muitos anos atrás O Barco do Amor. Pois bem, a divertida série de TV chega agora à App Store no formato jogo em O Barco do Amor da GameHouse, e podem encontrá-la gratuita com compras in-app.


Abrir o jogo e ouvir a música do genérico da série de TV, e assistir a uma apresentação dos personagens principais da série exactamente como acontecia no princípio de cada episódio do show, é daquelas coisas que só por isso já vale a pena instalar o jogo.

Este é um jogo de gestão de tempo, pois teremos que ajudar a tripulação do navio a satisfazer os pedidos dos clientes. Como outro qualquer jogo do género, teremos de servir comida aos clientes, levar-lhes produtos que nos pedem, entre outros serviços.


Onde este jogo inova é na sua proximidade ao show de TV, onde teremos que ajudar os clientes do navio a resolverem as suas situações de vida, seja vida romântica, solucionar negócios, etc, etc, exactamente como na série de televisão, e ao mesmo tempo ver também os acontecimentos em redor da tripulação.

Esta espécie de narrativa e as pequenas histórias que temos de viver com os vários personagens faz mesmo lembrar o espírito da série, e é muito bem vindo. Temos aqui 6 capítulos diferentes, atravessando cenários diferentes como o restaurante, a piscina, o consultório, a ilha, etc, onde as tarefas e personagens da tripulação também vão variando.

Podem ver aqui em baixo o pequeno vídeo de apresentação do jogo para abrir o apetite, e claro, instalem o jogo nem que seja para ouvir a música do genérico, ver as piadas e o humor das personagens do show que está presente em várias cenas do jogo.


O Barco do Amor na App Store

Tamanho: 592 MB



quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Textual description of firstImageUrl

Timber West

Jogo castiço para os fãs dos cowboys, índios e faroeste em geral é este Timber West da DIGITAL MELODY GAMES KITAJEWSKI I STALEWSKI SPOLKA JAWNA, um shooter arcade que acabou de se estrear hoje e está disponível gratuito na App Store.


À partida poderia parecer apenas mais um joguinho simples e básico para queimar uns minutos e depois apagá-lo do iPhone, mas desenganem-se que temos aqui um jogo bem divertido e com alguma complexidade bem interessante ao nível da sua jogabilidade.

Quem nunca quis ser o maior xerife lá da terra? O nosso herói quer ser com toda a certeza o melhor xerife e para isso terá que mostrar as suas habilidades e pontaria, ajudando a libertar as vilas dos perigosos bandidos que estão por todo o lado.

Este é um jogo para se jogar com apenas um dedo, bastando tocar no ecrã para activar a mira, que de seguida arranca a partir do lugar onde pousamos o dedo, sempre para cima até chegar ao bandido, que levará um tiro no momento em que levantarmos o dedo do ecrã (se a mira estiver em cima do seu corpo, como é óbvio).

É uma mecânica muito interessante, e apesar de não ser necessário colocar o dedo directamente por baixo do bandido que aparece no ecrã, é uma boa ajuda para não falharmos tanto e sermos mais rápidos no gatilho.

Temos um controlo extra neste jogo, comparando com outros títulos que foram aparecendo na App Store que se assemelham a este Timber West, que é a possibilidade de ajustar a mira enquanto esta sobre pelo ecrã acima, bastando deslizar ligeiramente o dedo para os lados para apontar em cheio no bandido que queremos eliminar.

Apanhar porcos e águias com dinheiro é essencial para conseguirmos o suficiente para contratar um novo cowboy, que vem com uma nova arma mais potente, que é sempre refrescante para não ficarmos aborrecidos. É claro que isto também nos obriga a arriscar mais, levando-nos a apanhar com um balázio por não eliminarmos os bandidos que estão no ecrã no tempo que é necessário para o fazer.

É possível continuar a jogar no nível em que estamos quando levamos um tiro, bastando para isso investir algumas moedas, ou visualizando um pequeno vídeo com publicidade. No entanto, o jogo é tão divertido, que confesse que não me importo nada começar tudo de novo, até porque ajuda a treinar a pontaria e os reflexos.

Vejam aqui em baixo o vídeo de apresentação do jogo, e não deixem de treinar esse dedo no gatilho, que este shooter é bem divertido, e é um daqueles mini jogos para se jogar com um só dedo, que bate todos os dias qualquer flappy bird ou outro do género.


Timber West na App Store

Tamanho: 101 MB



quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Textual description of firstImageUrl

Gerrymander: Rig The Election

Querem perceber como é que Donald Trump ganhou a eleição para presidente dos Estados Unidos da América sem ter o voto da maioria do povo? Se gostam de resolver puzzles, então o jogo Gerrymander: Rig The Election da Good Egg Games, é a maneira ideal para explicar o conceito de Gerrymandering na política, e está disponível grátis na App Store.


O número de eleitores num distrito eleitoral  pode mudar por completo o rumo de uma eleição presidencial, por causa do número de representantes políticos que estes representam para um determinado partido ou candidato.

Neste jogo temos de jogar com esse conhecimento, e redefinir a área que se encontra à nossa frente, criando novas fronteiras para os distritos, de maneira a que o partido escolhido (azul ou vermelho, ou se quiserem democrata ou republicano) obtenha o maior número de distritos para a eleição.

Portanto, apesar de termos menos eleitores no terreno, por exemplo termos apenas 6 eleitores vermelhos, contra 9 eleitores azuis, ao colocarmos novas fronteiras em redor dos eleitores, passaremos a ter mais distritos do nosso lado do que do lado oposto (3 distritos com 2 eleitores vermelhos e 1 azul, e apenas 2 distritos com 3 eleitores vermelhos cada um).

As regras do puzzle são bastante intuitivas e fáceis de perceber, mas os puzzles em si, começam a complicar, quando começamos a ter muitos eleitores no terreno e uma área bem maior para desenhar as ditas fronteiras.

O jogo manda muitas bocas ao sistema eleitoral norte americano, e podemos ver isso pelos vários comentários dos personagens vermelhos e azuis, que dá para perceber facilmente pelo aspecto dos seus bonecos quais os republicanos e quais os democratas.

São 50 níveis para ultrapassar, e sempre que reiniciamos um destes níveis é tudo gerado novamente de forma aleatória, e portanto nunca podemos repetir verdadeiramente um determinado nível. Será sempre diferente, e isso é óptimo para que se possa jogar várias vezes o jogo sem ficarmos aborrecidos.

Aprendam ao mesmo tempo como funciona isto do Gerrymandering, apreciem e riam-se do humor algo negro dos comentários políticos que podemos encontrar no jogo, e acima de tudo divirtam-se a destruir a democracia, que no fundo é um alerta para estes sistemas de votação duvidosos e nada democráticos.


Gerrymander: Rig The Election na App Store

Tamanho: 93 MB




Gerrymander: Rig The Election - Rating: 3,3

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Textual description of firstImageUrl

Lonely Sun - Be Gravity's Guiding Hand

Algures no espaço um sol solitário aguarda a chegada de outros planetas para se transformarem num novo sistema solar. É esta a premissa do minimalista Lonely Sun - Be Gravity's Guiding Hand da Rinikulous Games Corp., um bonito jogo que podemos encontrar hoje grátis na App Store.


É uma história algo estranha para um jogo de "plataformas", onde controlamos um pequeno planeta na sua procura por pedaços de massa interna dos planetas, para assim aumentar a sua própria massa e poder ficar em órbita em redor do sol solitário.

Temos 5 mundos diferentes onde temos de levar os pequenos planetas à procura das pequenas massas, ao mesmo tempo evitando tudo aquilo que nos pareça perigoso. Normalmente, se for algo de cor vermelha ou em movimento convém evitar.


Os controlos são altamente intuitivos, bastando deslizar o dedo no ecrã na direcção que queremos para que o planeta se mova também nessa direcção, e com a velocidade idêntica aquela que aplicarmos no momento em que arrastamos o dedo pelo ecrã.

É preciso algum tempo e algumas tentativas para nos habituarmos à sensibilidade deste tipo de controlo, mas acaba por ser bem eficaz ao fim de algum tempo. Este é um jogo onde não há checkpoints, porque também não checkpoints na vida real. Por isso há que aprender com os nossos erros, memorizar aquela momento chato onde destruímos o planeta, e temos de tentar novamente até acertarmos.

Esta é uma experiência que convém usar headphones, pois a sua banda sonora estilo Sci-Fi pede isso mesmo. A vida é isto, tentar e tentar novamente, deslizando livremente por cavernas do universo, evitando os obstáculos e perigos, para conseguir criar uma nova vida, algures, num sistema solar bem distante do nosso.


Lonely Sun - Be Gravity's Guiding Hand na App Store

Tamanho: 116 MB



segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Textual description of firstImageUrl

EasyRoute

Para aqueles que correm, andam de bicicleta, ou fazem caminhadas por essa terra fora, a app que está hoje grátis, EasyRoute de John Famiglietti, pode vir bem a calhar, porque nos deixa ver com precisão qual a distância que vamos percorrer em determinado percurso e qual o desnível total da viagem, entre outras coisas.


Usando uma app como os mapas da Apple ou do Google, podemos verificar a distância a percorrer numa simples rota calculada no interior da cidade. Mas quando planeamos caminhar ou correr, ou entrar em modo todo terreno de bicicleta, por caminhos onde não há estradas marcadas no mapa, é aí que precisamos de uma app como esta EasyRoute.

Com ela podemos criar um ponto de partida e um ponto de chegada, para que seja calculada uma rota de forma automática, exactamente como aconteceria num Google Maps, mas temos também a muito útil possibilidade de inserirmos ponto a ponto as linhas que queremos percorrer no mapa, de forma livre, de maneira a que se possa calcular assim a distância de um percurso criado por nós.

Poder visualizar o desnível e elevação de todo o percurso é uma das ferramentas fantásticas que temos ali sempre disponível no ecrã, bastando carregar num botão para a activar. Para as secções que passem por estradas, é também possível visualizar de imediato a imagem panorâmica e interactiva do Google Street View, para percebermos rapidamente se é um local onde podemos correr a pé com segurança (por exemplo).

Como app de planeamento é fantástica, seja para as corridas que ainda vamos fazer em terreno desconhecido, e para quem vai andar de bicicleta para o meio do monte, é muito útil poder exportar o ficheiro de navegação para uma app compatível, ou mesmo exportar o ficheiro GPX para poder ser visualizado no Google Earth ou outra app de GPS que dê uso a essa informação.

É aproveitar a promoção, e agarrar esta EasyRoute enquanto está gratuita na App Store, que este é de facto um utilitário de navegação e medição de distâncias que faz falta no iPhone de qualquer amante dos desportos ao ar livre.


EasyRoute na App Store

Tamanho: 36.7 MB

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Textual description of firstImageUrl

Jogos Flick Champions grátis

Já falei aqui antes de jogos como Flick Champions Classic e Flick Champions Summer Sports, onde podemos experimentar vários desportos olímpicos e outros de uma maneira bem divertida. Pois bem, hoje temos a série inteira de jogos Flick Champions da NAWIA GAMES completamente grátis na App Store, e é mesmo de aproveitar.



A colecção de jogos olímpicos e desportos radicais aqui disponível entre os 4 jogos é incrível, nomeadamente o Futebol, Basquetebol, Hóquei, Ténis, Bowling, Arco e flecha, Futebol Americano, Golf, Baseball, Corrida, Lançamento do martelo, Javelin, Kayaking, Boxe, Vóleibol, Andebol, Natação, Natação Sincronizada, Slalom, Ski, Skating, Hóquei no gelo, Curling, Luta de bolas de neve, Wingsuit, Escalada, Surf, Paintball, Parkour, Quad Bikes, etc.


O original Flick Champions Classic foi o jogo que melhores críticas recebeu, especialmente por contar com controlos fantásticos e campeonatos locais onde podem participar até 16 jogadores, atravessando 24 campeonatos diferentes.

O Summer Sports trouxe-nos o gosto dos jogos Olímpicos, podendo escolher a bandeira do nosso país e tentar chegar à vitória e levar o ouro para casa. E bem a calhar para o inverno, os jogos passados na neve são bem divertidos, contando até com jogos como hóquei no gelo onde dois jogadores podem competir um contra o outro no mesmo iPhone.


O último jogo a sair foi o Extreme Sports, que nos introduziu ao mundo dos desportos radicais, desde os motorizados aos aéreos, onde podemos competir contra outros amigos online, a ver quem consegue obter os melhores tempos e pontuações. Não há nada como experimentar estes desportos na vida real, mas com mais de 30 desportos para dar muita ginástica aos nossos dedos, é mesmo uma oportunidade que não podemos deixar passar ao lado.


Flick Champions Classic na AppStore

Flick Champions Summer Sports na App Store

Flick Champions Winter Sports na App Store

Flick Champions Extreme Sports na App Store



quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Textual description of firstImageUrl

Felis: Save all the cats!

Para aqueles que apreciam jogos de plataformas, especialmente quando é uma aventura que nos põe em modo de feiticeiro a salvar gatinhos, então têm de passar hoje pela App Store e agarrar este Felis: Save all the cats! de Jose Diaz, enquanto está disponível completamente grátis.


O jogo tem charme quanto baste, com uns gráficos impecáveis, uns cenários desenhados à mão belíssimos, e o nosso herói, gatinhos e inimigos, todos com animações fantásticas, simplesmente tudo adorável mal arrancamos para a aventura.


O nosso objectivo é sair da cama (literalmente), e ir salvar os gatinhos que estão em perigo por causa de uma invasão de ratos. Todo o tipo de ratos, desde ratos gigantes, a ratos zombies, ratos ursos, etc, etc, assim como outros bichos perigosos.


Preparem-se para saltar muito, mas acima de tudo preparem-se para resolver puzzles, que neste jogo salvar os gatinhos não é tarefa fácil. Porquê, perguntam vocês? Os gatinhos depois de salvos vêm atrás de nós, e teremos que levá-los connosco até ao final de cada nível, são e salvos. Isso implica agarrar neles para ultrapassar obstáculos e armadilhas, dizer-lhes para ficarem quietos para não caírem num precipício, etc, etc.


Os controlos não são os melhores, mas convém não ligar ao desenho dos botões que aparecem no ecrã, e tentem tocar nos locais onde poderiam estar os botões em tamanho grande, e tudo funciona melhor. Há um inventário para guardar items importantes, como energia, magia, bombas e chaves, há um modo harry potter que nos pões a atirar bolas de fogo para os inimigos, e há socos e pontapés quando ficamos de mãos a abanar.

Este jogo é bonito, e só isso faz com que não o pousemos até salvar todos os gatinhos que chamam por nós com o seu miar fofinho. Os controlos podem ter uma pequena curva de aprendizagem, mas acabamos por nos habituar, e o jogo vale a pena o pequeno esforço, acreditem.


Felis: Save all the cats! na App Store

Tamanho: 642 MB



terça-feira, 28 de novembro de 2017

Textual description of firstImageUrl

The Frostrune

Os fãs das aventuras Point-and-click estilo The Room têm razões para festejar, pois hoje há mais uma bela promoção a ter em conta na App Store. Estou a falar do belíssimo jogo The Frostrune da Snow Cannon Games, que podem encontrar neste momento grátis na loja de apps do costume.


Nesta aventura que explora a mitologia nórdica de forma brilhante, vestimos a pele de uma pequena menina chamada Liv, que naufragou sozinha numa misteriosa ilha no ano de 965. Depressa descobre que não está sozinha, e que tem a rara capacidade de ver os fantasmas que habitam a ilha, que não tardam em começar a pedir favores, pequenas coisas que teremos de resolver para avançar na história.


Os puzzles que encontramos têm a sua piada, mesmo que por vezes não dê para perceber de imediato qual é a lógica a seguir. Seja como for, existe um sistema de dicas que podemos verificar a qualquer momento que nos aponta na direcção correcta. Outras dicas começarão a surgir através da capacidade que a míuda tem de ver espíritos e imagens do passado, que nos mostram o que precisamos saber para resolver alguns puzzles.


O jogo ganha muito no seu trabalho de vozes a fazer lembrar a conversa dos Elfos no Senhor dos Anéis, e no seu aspecto gráfico que é de facto belíssimo, com imagens animadas que dão uma vida incrível aos cenários. É de registar também a banda sonora que complementa de forma espectacular todo este pacote, como podem verificar no vídeo promocional do jogo aqui em baixo. Aproveitem a promoção e agarrem o jogo enquanto está gratuito na App Store.


The Frostrune na App Store

Tamanho: 502 MB




The Frostrune - Rating: 3,6

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Textual description of firstImageUrl

GRID™ Autosport

Podem parar o que estão a fazer e preparar o vosso iPhone ou iPad para o grande jogo da Codemasters que acabou de chegar à App Store. Estou a falar de GRID™ Autosport da Feral Interactive Ltd., um belíssimo port deste grande jogo de corridas, e que está confirmado, é o melhor e mais completo jogo de corridas automóveis para iOS.


Este é o verdadeiro jogo com qualidade de consola para iPhone e iPad, sem tirar nem pôr. Os conteúdos que nunca mais acabam, 100 carros, 100 pistas, vários tipos de carreiras diferentes para escolher (Touring, Endurance, Open Wheel, Tuner, and Street), possibilidade de criar equipas com outros jogadores, vários eventos para competir, e uma série de modos de jogo completamente livres, para aqueles que não têm paciência para modos de carreira.

O jogo tem uma qualidade gráfica incrível, e os melhores controlos de sempre para um jogo de corridas num iPhone. Há um custo a pagar como é óbvio, que é o facto de precisarmos de um iPhone SE, um iPhone 7 ou melhor (diz que num iPhone X a ocupar o ecrã inteiro é qualquer coisa), e a bateria que leva uma porrada das velhas. Há no entanto um modo de poupança de bateria que pode dar jeito para algumas pessoas. Vejam aqui em baixo o vídeo de apresentação do jogo, e até para o ano que não volto aqui tão cedo, são muitos carros e pistas e eventos para experimentar! :D


GRID™ Autosport na App Store

Tamanho: 4.01 GB



GRID™ Autosport - Rating: 5

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Textual description of firstImageUrl

Bertram Fiddle: Episode 1: A Dreadly Business

Há por aqui fãs de aventuras point-and-click? Se a resposta for negativa podemos cortar já relações. Especialmente quando temos promoções espectaculares que nos põem nas mãos jogos como o belíssimo Bertram Fiddle: Episode 1: A Dreadly Business da Rumpus Animation, que podemos encontrar hoje grátis na App Store.


Um jogo com um humor muito peculiar passado em Londres em plena época Vitoriana, acompanhamos as aventuras de um detective, um explorador e aventureiro chamado Bertram Fiddle, e o seu fiel companheiro Watson em versão ciclope, onde teremos de descortinar um mistério, quem é o assassino em série Geoff the Murderer.

Estamos perante um clássico jogo point-and-click, o primeiro episódio, pois já há um segundo também disponível na App Store, mas com alguma acção à mistura, pois existem algumas sequências em que temos de jogar uma espécie de mini jogos, como o que se pode ver na imagem em cima, em que temos Bertram a correr atrás de um estranho personagem, e onde temos de nos desviar das pessoas e obstáculos que aparecem à nossa frente.


O trabalho de vozes é impecável, a banda sonora lindíssima e adequada à época que é retratada no jogo, e o humor nos diálogos é uma constante, e está muito bem apanhado. Os criadores do jogo atrevem-se mesmo a compará-lo ao humor presente no clássico The Secret of Monkey Island, o que é dizer bastante.

A verdade é que este jogo foi fruto de uma campanha de sucesso no Kickstarter, e o jogo também ele gozou de grande sucesso e bem aclamado pela crítica. Com uma mecânica bem interessante em que temos de pôr o nosso amigo a resolver alguns dos problemas por nós, e com o qual podemos contar para nos dar dicas de como prosseguir em alguma situação, temos aqui um jogo fantástico point-and-click, e pelo preço a que está hoje na App Store, não podíamos desejar melhor do que isto.


Bertram Fiddle: Episode 1: A Dreadly Business na App Store

Tamanho: 1.35 GB