terça-feira, 15 de dezembro de 2015

The Room Three

Os Escape Games estão na moda, e não há nada como estar fechado num quarto real e ter de encontrar pistas e resolver puzzles para conseguir escapar. Se resolver mistérios é algo que vos interessa, então jogar este The Room Three da Fireproof Games, é uma óptima maneira de reviver estes momentos de adrenalina, e pôr a cabeça a funcionar a 100%.


Este é o terceiro jogo da série The Room (para iPhone e iPad), onde no primeiro andamos o jogo todo à volta de uma única caixa, que se ia desdobrando em segredos e puzzles e mais puzzles, e depois no segundo já nos davam a liberdade de resolver puzzles não só numa única caixa no centro da sala, mas também à volta do quarto.

Em The Room Three, voltamos a subir a fasquia, pois os mistérios e puzzles estão espalhados por vários quartos, obrigando-nos a resolver vários puzzles em caixas, puzzles em todo o tipo de objectos e mecanismos espalhados pelo quarto, e também por todo o edifício onde nos encontramos.


Há uma narrativa, que podemos acompanhar lendo os vários pergaminhos que aparecem espalhados pelos quartos, mas que regra geral não são absolutamente necessários para a resolução dos puzzles. Como jogo point-and-click que é, a ideia é sempre a mesma, fazer zoom in e zoom out com dois dedos em forma de pinça para nos aproximar e interagir com objectos, ou um duplo toque para nos levar de imediato para o puzzle, ou para navegar pela casa.

No inventário do lado esquerdo vão aparecendo os vários objectos que vamos recolhendo nos puzzles, e que terão de ser usados para resolver outros quebra cabeças. É muito importante estar atento a todas as pistas que estão espalhadas pelo quarto, nas paredes, nos próprios objectos e caixas que vão surgindo à nossa frente, pois serão sempre a solução para outros puzzles.

Não fiquem apavorados, que não é muito fácil ficar bloqueado neste jogo, pois há um sistema de ajudas, que se vai activando conforme o tempo que estivermos a demorar para resolver os puzzles. São 3 as pistas que vão surgindo, cada uma a seu tempo, e cada uma com um grau de revelação maior que a anterior (se nos safarmos com a primeira dica, ainda bem, se não é só esperar pela segunda e pela terceira dica, que já deve dar para perceber o que fazer a seguir).


O que nos ficou na memória do primeiro The Room, foi os espectaculares mecanismos que iam surgindo no interior da caixa. Como a resolução de um qualquer conjunto de puzzles fazia com que se abrissem novas portas e de lá saíssem novas caixas e mais puzzles para resolver.

Neste terceiro jogo há muito mais disto, e não só ao nível de uma caixa em si, mas ao nível de todo um quarto, com o chão e paredes a moverem-se, revelando novos mistérios para resolver. Isto aliado ao fantástico monóculo, que nos revela coisas escondidas, essenciais para resolver alguns puzzles, e agora até a possibilidade de visualizar pequenos portais que nos transportam para o interior de certas caixas, onde há pequenos quebra cabeças para resolver.


A banda sonora é bem misteriosa e uma delícia de ouvir enquanto estamos a navegar pelo quarto, e os efeitos sonoros são essenciais para nos mostrarem quando estamos próximos de resolver um puzzle, mudando de intensidade ou melodia sempre que algo relevante esteja para acontecer.

O jogo traz incluídas uma série de línguas, e o Português também está presente. Ao nível de repetibilidade, o jogo tem vários finais diferentes, o que levará os mais curiosos a repetir certas áreas e puzzles, para verificar as diferenças entre todos eles. Se nunca experimentaram nenhum jogo do género procurem pelo The Room na App Store, que é agora um jogo gratuito. Este podem encontrá-lo por uns 4€ na App Store, e vale bem a pena.


The Room Three na App Store (Brasil)

The Room Three na App Store (Portugal)

Tamanho: 575 MB



Sem comentários :

Enviar um comentário