sexta-feira, 20 de abril de 2018

Textual description of firstImageUrl

Soap Dodgem

Divertido jogo gratuito para levarem para o fim de semana é este Soap Dodgem de Zsolt Fabian, com mais de 100 puzzles para resolver, inclusive puzzles criados pelos próprios jogadores, não vão faltar desafios para vos pôr a puxar pela cabeça.


Com uma mecânica bem conhecida e presente em jogos que falei aqui recentemente, como Puttball ou ainda mais recente e aterrorizante Friday The 13th: Killer Puzzle, em Soap Dodgem somos o sabão que tem como missão lavar a casa de banho e eliminar todos os bocados de bolor que se encontram presos nos azulejos.

A ideia é levar o sabão a passar pelos inimigos (os pequenos bichinhos de bolor), e acabar o seu percurso na base do sabão da mesma cor. Não podemos deixar o sabão sair do ecrã, por isso temos que planear ir sempre contra qualquer coisa, seja um bloco, um rôlo de papel higiénico, etc.

Os desafios vão-se ultrapassando bem, mas há um pormenor que nos vai levar a puxar ainda mais pela cabeça, e a obrigar-nos a repetir muitos dos níveis. Atenção que isto é positivo, pois deixa-nos ainda mais agarrados ao jogo. Há uma coroa escondida em cada nível no interior de uma bolha dourada, e portanto, apesar de termos encontrado uma solução, se não passamos pela coroa, quer dizer que há outra solução que ainda não encontramos.

E convém mesmo encontrar a solução que passa pela coroa, pois estas podem ser necessárias para desbloquear outro dos 5 capítulos disponíveis, cada um com uma barra de sabão diferente. Pelo caminho vamos tendo várias barras de sabão no ecrã ao mesmo tempo, cada uma tendo que ser transportada para a sua respectiva base, e aparecem coisas como uma escova que muda de posição a cada jogada, ou mesmo a presença de ralos que funcionam como uma espécie de teletransporte entre eles.

O jogo conta ainda com centenas (milhares?) de níveis criados pelos utilizadores, e portanto é um daqueles jogos que nunca mais paramos de jogar. Também é possível criar o nosso próprio desafio se formos do tipo criativo. Não é preciso gastar dinheiro nenhum, pois tudo pode ser conseguido visualizando um vídeo com publicidade aqui e ali, seja para aceder a uma dica, seja para desbloquear um ou outro nível. Com uma música espectacular a acompanhar, este jogo é mesmo muito simpático, e torna-se obrigatório de estar instalado nos vossos iPhones.


Soap Dodgem na App Store

Tamanho: 102.9 MB



quinta-feira, 19 de abril de 2018

Textual description of firstImageUrl

Star Wars™: Jedi Challenges

O jogo que nos permite fazer combates com um light saber e até jogar o famoso jogo de xadrez holográfico da Millenium Falcon já estava disponível desde o Natal de 2017, mas apenas podia ser jogado por quem adquirisse os acessórios da Lenovo. Agora que se aproxima a estreia do filme Solo: A Star Wars Story, a Disney acabou por trazer compatibilidade com o ARKit ao jogo Star Wars™: Jedi Challenges permitindo que qualquer pessoa possa jogar o Dejarik Holochess, bastando ter um iPhone com iOS 11 instalado.


Este jogo foi tornado famoso no filme Star Wars: Episode IV - A New Hope, onde podemos ver o Chewbacca a jogar contra o R2-D2 na icónica Millenium Falcon. Cada jogador tem um determinado número de monstros, e o objectivo é derrotar todos os monstros do adversário. Cada monstro tem um certo número de pontos de ataque e defesa, e há que pensar estratégicamente quais monstros jogar para atacar quem e quando.

Com a compatibilidade ARKit não precisamos dos óculos holográficos da Lenovo, e basta apontar o iPhone ou iPad para uma superfície plana para que apareça o tabuleiro do jogo à nossa frente em realidade aumentada. Depois é só seleccionar a criatura com a qual queremos jogar, e movê-la para outra casa, ou atacar as criaturas inimigas. Temos aqui disponíveis 18 níveis atravessando 6 planetas, onde temos incluídas 8 criaturas que vão sendo desbloqueadas à medida que vamos jogando.

Podem ver aqui em baixo um vídeo que nos mostra uma demonstração do jogo na WWDC 2017, e de seguida a cena clássica onde vemos Chewbacca a fazer um jogo contra o R2-D2 na Millenium Falcon.


Star Wars™: Jedi Challenges na App Store

Tamanho: 1.5 GB





quarta-feira, 18 de abril de 2018

Textual description of firstImageUrl

Retro Highway

Saudades de jogos de corridas retro estilo Out Run, ou dos verdadeiros jogos Arcade com motas como Super Hang-On ou Road Rash? Já temos disponíveis alguns jogos deste género como Final Freeway ou Horizon Chase, mas para ajudar a matar o bichinho temos agora grátis na App Store este Retro Highway de Nicolai Danielsen, um endless racer com um aspecto retro que vai deliciar os mais nostálgicos e também as novas gerações.


Como em qualquer jogo clássico Arcade, o que importa aqui é correr, e este Retro Highway é diversão garantida para quem gosta simplesmente de correr. Dois dedos no ecrã para controlar a mota para a esquerda e para a direita, e um único botão para activar o nitrogénio, e é isto (temos a possibilidade de optar por outros métodos de controlo, mas aquele que vem por defeito funciona muito bem).

Como é óbvio, convém não bater contra nada, evitar o trânsito, apanhar moedas no chão, e cumprir os vários objectivos que nos vão sendo pedidos. Para aumentar a potência do turbo há que obter mais nitrogénio, que se pode conseguir passando rasas aos carros e camiões (e também para ganhar moedas extra). Há camiões com rampas que nos permitem dar grandes saltos pelos ares, o que também nos dá alguns bónus.


As moedas podem ser usadas para adquirir novas motas mais potentes, melhorar alguns items como o íman, ou um escudo, e cumprindo um determinado número de objectivos permite-nos desbloquear novas pistas para correr. Temos pistas como o deserto, a cidade, a lua, etc, etc, cada uma com diferentes níveis de trânsito, moedas, e no geral dificuldades distintas.

A banda sonora chiptune é uma delícia, quando desbloqueamos a segunda pista, a música que acompanha essa corrida é mesmo Rock sempre a abrir, o que nos deixa ainda mais entusiasmados para acelerar por ali abaixo. Cada pista introduz novas dificuldades, como é o caso de cruzamentos com trânsito a passar na perpendicular, ou faixas com um único sentido, etc.

Pegar num jogo clássico como o Super Hang-On e transportá-lo para os jogos endless runner dos dias de hoje é grande ideia, e este Retro Highway é um gozo que só visto. Vejam aqui em baixo a trailer do jogo para abrir o apetite, e aproveitem que o jogo é grátis (com alguns vídeos de publicidade a aparecer aqui e ali para quem não quiser eliminar isto com uma compra in-app).


Retro Highway na App Store

Tamanho: 77 MB



terça-feira, 17 de abril de 2018

Textual description of firstImageUrl

Xenowerk

Atenção aos fãs de dual-stick-shooters que o fantástico Xenowerk da Pixelbite está hoje gratuito na App Store. Este shooter arcade tem uns gráficos espectaculares, e é de facto um jogo super divertido de jogar onde podemos dar uso ao dedo do gatilho sem qualquer limite.


Nós somos a última esperança contra a infestação mutante. Não é que isso importe, porque no fundo só queremos mesmo é pegar nas duas armas que levamos a tiracolo e desfazer tudo o que encontrarmos pela frente que tenha mais que duas pernas. O nosso objectivo é destruir todos os ninhos de mutantes e evitar que se espalhem mais do que já espalharam.


São 70 níveis de destruição e prazer, alguns mutantes bem gigantes e potentes para eliminar, moedas para apanhar, armas mais potentes para comprar e melhorar, e alguns poderes especiais para usar naqueles níveis mais difíceis.

Não há muito mais a dizer, a não ser que o jogo é um prazer para quem tiver um controlador MFi, porque isto com um joystick é ainda mais porreiro. Mas os controlos no ecrã funcionam muito bem, com um ícone para centrar a câmara, um botão para trocar para a arma secundária, e os habituais joysticks para mover e mirar e disparar. Vejam aqui em baixo a trailer do jogo e não percam este belíssimo shooter enquanto está grátis na App Store.


Xenowerk na App Store

Tamanho: 166 MB



segunda-feira, 16 de abril de 2018

Textual description of firstImageUrl

Good Pizza, Great Pizza

Criado por um jovem que trabalhou em tempos numa pizzaria, o gratuito Good Pizza, Great Pizza da TAPBLAZE, é um jogo onde temos de gerir uma pizzaria, servir os clientes, fazer a pizza na cozinha, gerir as contas e gorjetas, e até a decoração do restaurante.


Com um desenho artístico muito interessante, Good Pizza, Great Pizza tem muita pinta no seu aspecto (personagens características e demais desenhos do ambiente à nossa volta) mas também na sua jogabilidade. Como jogo de gestão de tempo é muito bom, e tem algumas nuances bem divertidas em relação a outros jogos do mesmo género.

Primeiro temos os pedidos dos clientes, os quais temos de tentar compreender o melhor que pudermos, correndo o risco de ao perguntar novamente o pedido para que se expliquem melhor, de deixar os clientes impacientes e irritados. Isto não é tarefa fácil e por si só é uma boa parte do desafio do jogo. Mas cada cliente pede à sua maneira, e acabamos por apanhar o jeito aos pedidos.


Depois do pedido feito passamos para a cozinha, onde temos de colocar a massa no balcão à nossa frente, passar o molho de tomate e o queijo (se fizer parte do pedido, e convém assumir que faz sempre parte, a não ser que seja especificado que não o querem), e depois quaisquer ingredientes que tenham pedido, como pepperoni, cogumelos, calabresa, cebola, pimentos, etc, etc.

A colocação dos ingredientes obedece a uma simples regra, a qual é explicada no tutorial, ou a qualquer momento ao carregarmos no botão de interrogação na ajuda do jogo. É aqui que são explicados também alguns termos dos pedidos, como meia pizza de qualquer coisa, ou pizza queijo, pizza de pepperoni, etc.


Por vezes os pedidos podem ser para duas pizzas, e ainda bem que começamos de imediato com espaço para duas pizzas no balcão à nossa frente. Mais à direita podemos pôr as pizzas no forno, a qual vemos a passar lentamente à nossa frente (por vezes temos de voltar a passar uma pizza no forno uma segunda vez, para que fique bem passada), e de seguida temos de a cortar em 8 fatias, ou no número de fatias que tiver sido pedido (o que acontece com alguns clientes).

Depois é entregar a pizza ao cliente, e esperar que tenha ficado ao seu gosto e tenha sido atendido atempadamente, para que não saia chateado e nos deixe uma boa gorjeta. E é aqui que temos de ter cuidado, as gorjetas são muito importantes para obtermos lucro no final do dia, portanto há que ser rápido e exacto com o pedido, senão ficamos a perder. Ao fazer as pizzas colocar demais ingredientes, molho ou queijo, também nos pode deixar ficar a perder, por isso há que gerir bem estas coisas todas.


Entre as horas de expediente podemos adquirir novos ingredientes e comprar melhorias e decorações novas para o restaurante. Algumas coisas melhoram a satisfação e paciência dos clientes, e outras abrem novos horizontes nos pedidos dos clientes, como é o caso dos novos ingredientes. Temos também a concorrência sempre a aparecer para nos chatear a cabeça, e há um telejornal das pizzas que nos dão dicas dos eventos que estão a decorrer, normalmente focados num único ingrediente ou tema.

É um prazer jogar este jogo, especialmente se gostam de jogos de gestão de tempo. Mas aviso-vos já que ao fazerem estas pizzas virtuais no iPhone, vos vai abrir o apetite, e não se admirem se logo à noite acabarem a comer pizza em casa ou num restaurante. :D


Good Pizza, Great Pizza na App Store

Tamanho: 72.3 MB





Good Pizza, Great Pizza - Rating: 4,5

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Textual description of firstImageUrl

Friday the 13th: Killer Puzzle

Hoje é Sexta Feira 13, e que melhor homenagem a este magnífico dia dos azarados do que a estreia do jogo que homenageia um dos mais famosos filmes de terror de todos os tempos? Da equipa que nos trouxe o fantástico Slayaway Camp, aqui está finalmente Friday the 13th: Killer Puzzle da Blue Wizard Digital LP, um belíssimo quebra cabeças de terror que podem encontrar a partir de hoje grátis na App Store.


Para quem jogou o original Slayaway Camp, sabe perfeitamente no que está a meter com este Friday the 13th: Killer Puzzle, pois a jogabilidade é exactamente a mesma, mudando ligeiramente o aspecto gráfico, e o tema. Apesar de serem ambos magníficas homenagens ao género dos filmes de terror, este foca-se essencialmente no "adorado" Jason Vorhees , e as histórias dos filmes Sexta Feira 13, o que por si só vale logo a pena.


A ideia é simples, e já foi usada em vários jogos de grande sucesso na App Store, assim como Slayaway Camp. Em cada puzzle temos de matar todos os personagens que aí se encontrem, a pedido da nossa mãe falecida, e no final matar a personagem que aparece no lugar marcado com um X. O problema é que Jason apenas se move em linha recta de forma contínua, parando apenas quando vai contra um obstáculo, o que nos obriga a pensar com antecedência quem matar primeiro, e por aí fora.

Pelo caminho encontramos situações em que temos de evitar ser apanhados pela polícia (têm uma mira à sua frente, para onde não nos podemos mover senão levamos um tiro), temos situações onde podemos usar o ambiente a nosso favor, utilizando o telefone para atrair pessoas, assustando as vítimas ao encostarmos nelas e fazendo-as correr até à morte, caíndo à água e afogando-se, pegando fogo numa fogueira, explodindo com uma bomba, ou caíndo numa armadilha para ursos, etc.


O jogo conta com mais de 100 puzzles espalhados por vários capítulos diferentes, que nos transporta para diferentes filmes de Jason Vorhees, e algumas homenagens a outros clássicos do cinema e da televisão. Ao mesmo tempo vamos desbloqueando diferentes Jasons, cada um com um aspecto distinto, também aludindo aos diferentes filmes onde este aparece com um aspecto mais ou menos assustador do que no filme original.

Há sempre um puzzle diário para resolver, que no final de 13 eventos concluídos com sucesso nos dá direito a uma nova arma. E temos a possibilidade de trocar armas repetidas ou que não nos interessem, por uma arma rara, que nos deixa obter mortes ainda mais espectaculares. As cenas animadas das mortes é uma das delícias deste jogo de terror, assim como a banda sonora e efeitos sonoros.

Qualquer fã de terror e de quebra cabeças irá adorar este jogo, por isso recomendo vivamente que o instalem já no vosso iPhone, e toca a desbloquear todos os capítulos e Jasons que conseguirem. Os criadores do jogo merecem, e como tal, podem adquirir uns 3 capítulos extra com mais puzzles através de compras in-app se estiverem interessados.



Friday the 13th: Killer Puzzle na App Store

Tamanho: 175.3 MB




Friday the 13th: Killer Puzzle - Rating: 5