sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Textual description of firstImageUrl

Blockscapes Sudoku

O nome parece enganar um pouco, mas na verdade temos mesmo um jogo do género Match-3 com um pouco de Sudoku à mistura, o que dá origem a um belíssimo quebra-cabeças. Estou a falar de Blockscapes Sudoku da PeopleFun, e podem encontrá-lo grátis na App Store.

      

Numa grelha clássica de Sudoku 9 por 9, temos de colocar peças de madeira nos quadradinhos de maneira a fazer uma linha ou coluna completa para que possam ser eliminados da grelha, e podermos continuar a pontuar até ao infinito. O problema é que se enche rápido o ecrã, e as peças que aparecem em baixo para colocarmos na grelha são aleatórias.

Acaba por chegar aquele momento em que ficamos sem hipótese nenhuma de colocar uma peça na grelha, e perdemos o jogo. Para tentar evitar isto temos uma mecânica muito interessante que se inspira livremente nas regras do Sudoku. Podemos eliminar também blocos de madeira que completem um quadrado 3 por 3, como no Sudoku.

O objectivo é pontuar o máximo que conseguirmos, ser relaxante, e ao mesmo tempo puxar pela cabeça, que é mesmo preciso se queremos chegar mais longe que os outros. Há que ter uma boa estratégia para nos mantermos no jogo, portanto planear com antecedência como no Tetris se queremos rebentar com 4 linhas de uma vez.


Blockscapes Sudoku na App Store

Tamanho: 424.4 MB


quinta-feira, 24 de setembro de 2020

Textual description of firstImageUrl

iota.

Pensavam vocês que tinham a vida facilitada, isto porque ainda não vos tinha mostrado este iota. de Ronald Destefano, um daqueles jogos que dá conta dos nossos reflexos e tempo de reacção, e podem encontrá-lo hoje grátis na App Store.


Para pessoas que apreciam um bom desafio, iota. é o jogo que vai dar cabo dos vossos nervos. Temos uma criatura que parece uma espécie de polvo que não pára de se mover, e nós podemos controlar a sua direcção para a esquerda ou direita (senão ela anda sempre para cima e para baixo), e nos botões do lado direito podemos controlar a sua velocidade, alternando entre mais lento ou mais rápido.

Esta mecânica de controlo desta lula gigante é problemática, mas a curva de aprendizagem não é muito longa, por isso num instante nos habituamos a controlar o movimento da bicha. O problema é que os obstáculos começam a surgir aos montes e cada vez mais difíceis de ultrapassar.


Mas o jogo deixa-nos agarrados ao ecrã e nunca se torna verdadeiramente frustrante, porque primeiro, temos sempre checkpoints a cada bocadinho do caminho que avançamos, o que ajuda bastante a não termos de repetir grandes secções dos níveis onde podemos morrer a toda a hora. E depois, como é um daqueles jogos que aprendemos morrendo, da segunda e terceira vez já vamos fazer muito melhor o caminho anterior.

Seja como for, não é um jogo para cardíacos nem pessoas com altos níveis de stress que à primeira morte vão atirar com o iPhone contra a parede. Com 36 níveis completamente desenhados à mão com minúcia, temos aqui jogo para mais de 5 horas, segundo o criador do jogo. Portanto, boa sorte, e se concluirem os 36 níveis, podem atirar-se para uma carreira na NASA ou algo assim.


iota. na App Store


Tamanho: 618.2 MB

  

quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Textual description of firstImageUrl

Golf Skies

Um jogo de golf digno do Pequeno Príncipe de Exupéry, onde temos de andar com a bola a saltitar entre pequenos planetas, Golf Skies de Carl Oberg, é um belíssimo jogo que podemos encontrar grátis na App Store.

      

Não estou a brincar quando digo que seria um jogo perfeito para o Pequeno Príncipe, pois consigo imaginá-lo a dar uma tacada numa bola de um pequeno planeta para o outro, até chegar finalmente ao buraco. E é mesmo assim a mecânica do jogo, pois temos de contar que cada pequeno planeta para onde podemos atirar a bola, ou simplesmente passar ao lado, tem o seu próprio campo gravitacional, o que atrai a bola para si. Isto tanto pode ser bom, como mau, pois há planetas que são autênticos desertos de areia ou completamente inundados de água.

E não nos ficamos por aqui, pois há dezenas de obstáculos, para além da areia e água que já mencionei aqui em cima, temos árvores, as quais temos de evitar como é óbvio, temos aviões a atravessar os céus, balões em modo de passeio, peixes a saltitar na água do mar, etc, etc. Só mesmo os pássaros é que não fazem mossa, fugindo da nossa bola mal ela se aproxima deles.


A mecânica para lançar a bola é a mesma de milhares de jogos do género na App Store, tocar com o dedo no ecrã, puxar para trás para dar a força e direcção à bola, et voilá. Depois temos uma outra coisa interessante que podemos fazer, que é controlar a direcção da bola tocando nos lados do ecrã. Isto pode permitir que cheguemos ao buraco com uma só tacada, mas não é fácil.

A bola tem uma determinada força, e se essa força se acabar antes de chegarmos ao green ou a qualquer outro terreno presente num dos pequenos planetas, faz com que percamos essa bola, por isso muito cuidado com os voos prolongados.

Com as moedas que coleccionamos podemos depois adquirir bolas mais potentes, que se aguentam mais tempo no ar e também mais manobráveis. O dinheiro também serve para desbloquear novos planetas (até 6 percursos diferentes). Com a ajuda de alguns poderes, como o íman para apanhar mais dinheiro, ou a energia que nos permite voar por mais tempo, temos aqui um jogo muito interessante, que conta com alguma publicidade aqui e ali, mas nada que seja muito chato.


Golf Skies na App Store

Tamanho: 24.9 MB





terça-feira, 22 de setembro de 2020

Textual description of firstImageUrl

Widgetsmith

Conhecidos por desenvolverem apps para acompanhar a chegada de novas funcionalidades do iOS, a  Cross Forward Consulting traz-nos desta vez uma das primeiras apps pensada exclusivamente para criar widgets que podemos colocar no nosso home screen. Estou a falar de Widgetsmith, e podem encontrá-la grátis na App Store.

      

Uma das novas funcionalidades que temos agora no recém chegado iOS 14 é a possibilidade de podermos ter widgets no ecrã principal. Estes widgets são disponibilizados pelas apps do sistema oficiais da Apple, e também podem ser dispobilizados por qualquer app que já tenhamos instalada no nosso iPhone, o que pode dar muito jeito, caso seja uma app que usemos bastante.

No caso desta Widgetsmith, é uma espécie de caixa de ferramentas onde podemos criar vários tipos de widget que poderemos considerar útil. Widgets altamente personalizáveis, em termos de formato, cor e tamanho do texto, cor do fundo, etc, etc.


E temos aqui um leque variado de widgets que podemos adicionar ao nosso ecrã principal, desde o dia e hora, acesso ao nosso calendário (podemos ter por exemplo um widget com os aniversários sempre presente em cima no ecrã principal), a nossa actividade, widget para fotografias, widget de astronomia, widget com vários relógios, o estado do tempo, onde podemos mostrar apenas a temperatura, ou a chuva, o estado das ondas no mar, ou misto destas coisas, etc.

O interessante é que podemos personalizar qualquer um destes widgets da maneira que quisermos em termos de aspecto e formato, mas mais ainda a possibilidade de termos um widget que vai mudando conforme a hora do dia. Imaginem que acordam de manhã e o widget que têm no ecrã mostra-nos o estado do tempo, quando chega a hora do trabalho muda para um widget que nos mostra o calendário, e à noite muda para o widget da astronomia. 

O céu é o limite. Bem, o céu e uma subscripção, que se quiserem aceder ao widget do estado do tempo, infelizmente é algo que é pago. Tirando isso, uma app que recomendo vivamente, a qual preferia que tivesse uma compra in-app em vez de uma subscrição para activar o widget da meteorologia.

segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Textual description of firstImageUrl

Where Shadows Slumber

Os mais atentos ao que se passa na App Store devem ter dado conta da promoção espectacular que está neste momento a decorrer com este Where Shadows Slumber da Game Revenant, um jogo original e sombrio com muitos puzzles para resolver que podem encontrar grátis na App Store.

      

Com um aspecto visual e mecânica a fazer lembrar jogos como o fantástico Monument Valley, o jogo Where Shadows Slumber safa-se por si próprio com algumas coisas bem inovadoras no que toca à maneira como resolver puzzles. Imaginem um universo onde as sombras escondem passagens, alavancas, e até criaturas inimigas.

Munidos de uma lanterna com fogo, teremos de ajudar um velho homem chamado Obe através de um caminho carregado de perigos, manipulando a luz e as sombras para encontrar a saída de cada um dos locais que encontramos pela frente.

Em termos de história estamos perante um jogo bem estranho e com bastante violência à mistura, por isso fica já o aviso caso esteja a ser jogado por crianças. A mecânica de manipular as sombras é muito interessante, pois o mundo está entregue às trevas, e não se vê nada à frente, a não ser aquilo que é iluminado pela lanterna do velho, ou outras fontes de luz que apareçam aqui e ali.

As sombras mudam conforme os obstáculos que temos à frente, e o nosso movimento em redor dos mesmos. Ao vermos a sombra de um pilar passar sobre uma porção de um rio, por exemplo, vemos que esconde uma ponte sobre a qual podemos atravessar. Junta-se a isto interruptores que podemos pisar, pilares e blocos que podemos mover, e dá para perder longas horas a resolver todos os quebra cabeças que irão surgir à nossa frente.

Podemos não perceber a história completamente, mesmo com a ajuda de várias cenas animadas, mas com um aspecto gráfico fantástico, uma banda sonora que merece uns bons headphones, e puzzles que nunca mais acabam daqueles que até são bem complexos e desafiantes de resolver, temos grande jogo em mãos. Não percam a promoção.

Where Shadows Slumber na App Store

Tamanho: 515.5 MB





sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Textual description of firstImageUrl

LIT

Hoje tivemos mais uma grande estreia na Apple Arcade, e fui espreitar que outros jogos tinham estes programadores no seu porfolio. Foi aí que dei com este LIT da WayForward Technologies, Inc., um jogo gratuito bem antiguinho que é uma espécie de remake de um jogo com puzzles para resolver dos tempos do WiiWare na Wii da Nintendo.

   

Neste jogo de terror, temos de ajudar o adolescente Jake a encontrar a sua namorada Rachael. O problema é que ele parece estar a viver um pesadelo bem real, e tudo se passa em diferentes salas de aula da escola onde as luzes se apagaram misteriosamente, e há monstros que se escondem na escuridão.

A ideia é encontrar o caminho para a porta da saída em cada um dos puzzles que temos disponíveis, e para isso há que iluminar o caminho, senão somos consumidos pela escuridão e temos de reiniciar o puzzle em questão. Para o fazer temos de utilizar os objectos que temos à mão, e que podem ser recolhidos nos vários locais por onde estão espalhados na sala.


Os objectos que podemos usar são uma fisga (pedras), uma lâmpada, um controlo remoto e uma caixa de fósforos. Nada muito complexo, mas temos de ter alguma estratégia na escolha de quais caminhos iluminar primeiro e quais objectos usar e aonde.

Por exemplo, com a fisga podemos disparar uma pedra à distância, partindo uma janela na parede, o que faz com que a luz entre pela janela e desenhe o caminho em linha recta (linha ou coluna) atravessando a sala. A lâmpada podemos colocá-la em candeeiros, iluminando uma pequena área, que tanto nos pode ajudar a chegar a outro objecto que estava escondido no escuro, ou simplesmente alargando o caminho para passarmos à volta de uma mesa.

O controlo remoto liga a televisão, e os fósforos temos de usar para pegar fogo aos monstros que apareçam à nossa frente. Este é um quebra cabeças bem interessante onde vamos a tentar obter o melhor tempo e o menor número de movimentos. Com uma banda sonora e ambiente algo assustador, passem agora na App Store que pelo preço de grátis não há que enganar.


LIT na App Store

Tamanho: 113 MB



quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Textual description of firstImageUrl

Rowdy City Wrestling

É impossível ficar indiferente aos jogos super divertidos de Colin Lane, sejam os de Golf ou os de combate tresloucado. A pensar mais nos combates temos a estrear hoje na App Store este Rowdy City Wrestling da Colin Lane Games, um jogo gratuito que os fãs de Wrestling vão adorar com toda a certeza.



A vida de um lutador de luta livre não é fácil, e aqui temos um modo de carreira onde podemos começar mesmo no início desta grande aventura. Combates em garagens, ter de negociar com promotores suspeitos, encontrar trabalhos para ir fazendo algum dinheiro de lado, seja a transportar caixotes, ou a fazer trabalhos menos recomendáveis e lutas de rua.


Este não é um daqueles jogos de Colin Lane onde a física está toda marada e não temos controlo absoluto sobre os nossos bonecos. Não, aqui conseguimos controlar o nosso herói através de dois botões direccionais, um botão de ataque e um botão para saltar. A combinação destes botões permitem-nos fazer muitos ataques e movimentos conhecidos dos grandes combates de luta livre da WWF.

Alguns personagens vão parecer-se com conhecidos lutadores da WWF, e para além do modo de carreira há um modo infinito que nos leva de imediato para o ring. Mas no modo de carreira há muito para explorar e descobrir para além das lutas, por isso preparem-se que há muita coisa para fazer neste pequeno jogo.


Rowdy City Wrestling na App Store

Tamanho: 51 MB


quarta-feira, 16 de setembro de 2020

Textual description of firstImageUrl

Winterlore I

Inspirado nas lendas e das histórias e folclore contadas a nós pelos nossos avós, Winterlore I de Andreea Dragoman, é um pequeno jogo de mistério carregado de puzzles e quebra cabeças para resolver. O jogo é um bocadinho assustador, e está hoje grátis na App Store.


Reza a lenda que depois de Deus criar o mundo, espalhou as migalhas que restaram no seu saco de milagres numa terra chamada Moroi Springs. Esta terra foi sendo lentamente habitada por estranhas criaturas que iam estabalecendo o equilíbrio entre o bem e o mal no mundo.

Aqui seguimos a história da jovem Ozana, que está de luto pela morte da sua avó, e convencida do seu conhecimento de todas as tradições da sua família, irá tentar descobrir uma série de mistérios na casa onde a sua avó morava.


Este é um daqueles jogos estilo Room Escape, um género muito apreciado aqui pelo Apps do iPhone, onde teremos que explorar a casa onde nos encontramos à procura de pistas e objectos com os quais interagir, para ir descobrindo cada vez mais bocadinhos da história.

Ao ir resolvendo os mistérios aos poucos, iremos passar a conhecer algumas tradições antigas, e os processos para fazer uma data de coisas à moda do antigamente. Um jogo muito interessante e curtinho (para os veteranos deste tipo de jogo), que podem encontrar hoje grátis na App Store.


Winterlore I na App Store

Tamanho: 114.5 MB


terça-feira, 15 de setembro de 2020

Textual description of firstImageUrl

Piano For You

Com o aparecimento da Garageband da Apple, apps como esta Piano For You de Pavel Alexeev, deixaram de fazer muito sentido. Mas a verdade é que seja num iPad ou num iPhone com um ecrã grande, uma app dedicada de piano onde se pode gravar com qualquer instrumento, continua a ser bem simples e útil de ter, e podem encontrá-la hoje grátis na App Store.

Com dois instrumentos com sons de alta qualidade, um Piano Grand e um Piano Rhodes, e acesso à livraria Midi onde podemos escolher qualquer outro instrumento sem limites, este é um piano bem competente, que se toca ainda melhor num iPad (por causa do seu ecrã maior), mas também funciona muito bem num iPhone, cujos ecrãs também são eles bem grandes actualmente.

É possível configurar e ter dois teclados um em cima do outro, com ou sem as notas, e temos a possibilidade de arrastar o teclado para cima ou para baixo se assim o quisermos quando estamos a tocar. Temos acesso a um gravador, que nos permite gravar qualquer música ou treino de uma forma bem rápida e prática (que é coisa que leva mais uns quantos passos e tempo no Garageband).

Compatível com Audiobus, o que nos permite usar os sons de outras apps de música que suportem este tipo de tecnologia, e com uma latência baixíssima, temos aqui uma app bem interessante para qualquer músico ou aspirante a músico, e que podem encontrar grátis na App Store.


Piano For You na App Store

Tamanho: 68.1 MB



segunda-feira, 14 de setembro de 2020

Textual description of firstImageUrl

Fire Ant Solitaire

Por vezes dou por mim a procurar que outros jogos tem um programador na App Store, e muitas vezes dou com jogos bem interessantes que não estão assim tão bem publicitados. Agora foi o caso deste Fire Ant Solitaire de Derek Seibel, uma espécie de jogo do solitário com cartas mas com uma estratégia e mecânica bem diferentes, e formigas.

    

Numa pequena grelha que contém algumas cartas e uma data de formigas a fazerem-se passear pelo ecrã, temos de tentar eliminar todas as cartas vermelhas e assim passar ao próximo desafio. As regras são simples, uma carta com a mesma figura elimina outra independemente da sua cor (rainha pode atacar uma rainha), e uma carta do mesmo naipe elimina outra do mesmo naipe (uma espada pode atacar uma espada).

A ideia é atacar as cartas vermelhas com as pretas, de maneira a que estas últimas desapareçam do ecrã, tendo em atenção que ao movermos uma carta, faz com que todas as cartas nessa linha ou coluna se movam junto com ela.


Há um botão para voltar atrás, e há um botão que nos dá uma pista. Como é um daqueles jogos em que queremos pontuar o máximo possível, há que resolver grelha atrás de grelha, sem perder, porque senão começamos do zero.

Podemos optar por 3 níveis de dificuldade, o que se traduz numa grelha bem maior e complexa, o que nos obriga a uma maior estratégia da nossa parte, para não ficarmos presos sem movimentos ou cartas vermelhas por eliminar. 

Este é um jogo muito interessante que nos chega pelas mãos do criador de DEADWORD, que tem um conceito brilhante para um jogo apocalíptico de zombies com palavras. Espreitem este jogo, e se gostam de resolver quebra cabeças, não deixem de experimentar este Fire Ant Solitaire, se não tiverem pavor de formigas, claro.


Fire Ant Solitaire na App Store

Tamanho: 30.4 MB


sexta-feira, 11 de setembro de 2020

Textual description of firstImageUrl

Golf Odyssey

Com um estilo 8-bit retro, um jogo de golf para se jogar com apenas um dedo é o que Golf Odyssey de Ruben Pecellin tem para nos oferecer, e podem encontrar esta experiência altamente relaxante hoje grátis na App Store.

            

Jogo de golf mais simples que este não me lembro de ver, de todos os jogos de golf e mini golf que já falei aqui no Apps do iPhone, este ganha o prémio da simplicidade. Aspecto gráfico completamente minimalista, uma banda sonora relaxante, e uma jogabilidade básica que até chega a irritar.

O que precisamos é de muita precisão, que isto de controlar a direcção e intensidade da tacada com apenas um dedo tem muito que se lhe diga. Tocando no ecrã activamos uma pequena linha com bolas que nos mostra a intensidade e a direcção para onde vamos atirar a bola. Levantamos o dedo do ecrã, e lá vai ela em direcção ao buraco.


Só temos duas tentativas, e se falharmos voltamos ao primeiro buraco, para mal dos nossos pecados. Se conseguirmos ultrapassar os 20 buracos, passamos para o próximo cenário, e por aí fora. Mas aviso que já que é difícil fazer estes primeiros 20 buracos. A memória vai ajudando, pois precisamos de lembrar da força que usamos em determinados buracos para avançar com sucesso até ao final.

É possível daquirir mais uma bola através de uma compra in-app, o que já é uma boa ajuda. Mas o que eu vos digo é isto, deixem-se de cobardias e levem as duas bolas para a frente, que uma dá para perceber a intensidade certa, ou levar a bola para perto do buraco, e depois... e depois boa sorte! ;)


Golf Odyssey na App Store

Tamanho: 150.2 MB





quinta-feira, 10 de setembro de 2020

Textual description of firstImageUrl

PAKO Caravan

Lembram-se do frenético jogo PAKO 2 que falei aqui há uns meses? Pois agora temos mais um jogo desta série, desta vez com o conceito do jogo Snake à mistura. Estou a falar de PAKO Caravan da Tree Men Games, e podem encontrá-lo gratuito na App Store.

        

Voltando ao estilo do seu primeiro jogo PAKO - Car Chase Simulator, onde temos uma vista isométrica e superior sobre a acção, continuamos com as corridas frenéticas onde temos de evitar todos os obstáculos que se encontram no caminho do nosso carro, mas agora com um grande e comprido twist.

A Tree Men Games foi buscar inspiração ao clássico SNAKE, e temos agora uma mistura de géneros. Temos uma corrida sem parar num espaço fechado, e agora andamos a apanhar caravanas sem parar, o que faz com que se faça um autêntico comboio de atrelados atrás do nosso carro.


O objectivo é ficar com o maior número de caravanas possível, e como já é conhecido do jogo SNAKE, não podemos bater nas nossas próprias caravanas, portanto para além dos obstáculos naturais de cada cenário, temos também de evitar bater na "nossa cauda". Temos a possibilidade de tocar no botão de saltar (ou tocar duas vezes no ecrã), o que nos permite saltar por cima de obstáculos, inclusive a nossa cauda de caravanas.

O jogo conta com 10 cenários diferentes que vamos desbloqueando à medida que vamos jogando mais e mais, e há mais de 100 missões para concluir, o que nos pode deixar ainda mais agarrados ao jogo. É um belíssimo jogo Arcade, não tão frenético como as corridas de PAKO 2, mas igualmente divertido. Como é costume, aparece uma publicidade curta aqui e ali, que pode ser eliminada através de uma compra in-app.


PAKO Caravan na App Store

Tamanho: 128.2 MB





quarta-feira, 9 de setembro de 2020

Textual description of firstImageUrl

STAYAWAY COVID

Já foi lançada há alguns dias, mas com as notícias de que já foi útil em encontrar possíveis contactos com infectados com Covid-19, esta STAYAWAY COVID da FCT - FUNDACAO PARA A CIENCIA E A TECNOLOGIA I.P., é com toda a certeza uma app obrigatória para se instalar num iPhone em Portugal.

   

A STAYAWAY COVID é uma aplicação para telemóveis que tem como objetivo auxiliar o país no rastreio da COVID-19. A aplicação permite, de forma simples e segura, que cada um de nós seja informado sobre exposições de risco à doença, através da monitorização de contactos recentes. A aplicação é de utilização voluntária e gratuita e, em momento algum, tem acesso à sua identidade ou dados pessoais.

Uma vez instalada a aplicação, o telemóvel anuncia a sua presença a todos os dispositivos próximos usando identificadores aleatórios que não revelam identidades pessoais. A informação partilhada entre dispositivos permite à STAYAWAY COVID saber de que telemóveis esteve perto, quão perto e por quanto tempo. A Organização Mundial de Saúde sugere que, contactos a menos de 2 metros e por mais de 15 minutos com alguém portador de COVID-19 sejam considerados com elevado risco de contágio.

Se alguém de quem estivemos perigosamente próximo nos últimos 14 dias for diagnosticado com COVID-19 e informar o sistema STAYAWAY COVID, a aplicação alerta-nos de imediato do risco sugerindo que nos isolemos e contactemos a Linha SNS 24 (808 24 24 24).

No caso de contrairmos COVID-19, com o diagnóstico receberemos um código numérico que nos permitirá, anonimamente e através da aplicação, informar o sistema STAYAWAY COVID. É este ato que permite ao sistema alertar segura e atempadamente todos aqueles que podemos ter contagiado, mesmo antes de terem tido qualquer sintoma. Não é nunca revelada a ninguém a identidade de ninguém.

Com a notícia ontem de que o SNS24 já recebeu 20 chamadas de pessoas informadas através da aplicação de rastreio StayAway Covid de terem estado em contacto com alguém infetado, faz ainda mais sentido reforçar que instalem esta app tão útil para quebrar possíveis cadeias de transmissão, o que é algo que não se conseguiria fazer tão facilmente se não fosse com o uso desta app.

Fica aqui uma explicação super simples e clara de como é que a app funciona, para aqueles que têm dúvidas de como tudo se processa. Não vão em conversas, a app não guarda a vossa localização, nem partilha os vossos dados pessoais com ninguém, e o código fonte da app está disponível de forma pública online. Mantenham o distanciamento e usem máscara. Fiquem seguros.


STAYAWAY COVID na App Store

Tamanho: 35.1 MB


terça-feira, 8 de setembro de 2020

Textual description of firstImageUrl

Mendeleev.me

Neste tempos que correm, onde parece que regredimos a passos largos para a idade média, onde os negacionistas da ciência proliferam pelas redes sociais, não há nada como uma app como esta Mendeleev.me da Agile Flex Agency, que nos põe a tabela periódica na palma da mão, com imagens e detalhes sobre os elementos e até algumas experiências laboratoriais.

    

A app mostra-nos a tabela periódica logo no primeiro ecrã, onde temos os elementos dispostos numa grelha em modo de lista, ou então agrupados pelos seus diferentes grupos. Tocando num elemento saltamos para um ecrã onde podemos ler uma descrição sobre o elemento em questão, e a acompanhar algumas imagens de compostos e aplicações práticas onde pode ser usado no mundo. Aqui também temos acesso à informação detalhada sobre o elemento, uma lista bem completa ideal para os estudantes de química.


Há ainda uma secção onde podemos fazer algumas experiências em ambiente de laboratório, onde podemos misturar dois compostos e visualizar a reacção que resulta daí, e isto acompanhado de uma breve explicação do que acabamos de ver acontecer.

A app tem toda a informação que também pode ser visualizada no seu site (excepto as experiências em laboratório), e deixo aqui o link, pois pode dar muito jeito visualizar esta tabela periódica interactiva no ecrã grande de um computador, para ajudar a fazer trabalhos de casa, projectos, etc, etc. A app é gratuita, mas algumas das experiências laboratoriais têm de ser adquiridas através de uma compra in-app.


Mendeleev.me na App Store

Tamanho: 252 MB


sexta-feira, 4 de setembro de 2020

Textual description of firstImageUrl

Parkopedia Parking

Das ferramentas mais úteis que podem ter no vosso iPhone se costumam conduzir um carro na cidade, é mesmo esta Parkopedia Parking da Parkopedia Ltd, uma app gratuita que nos dá informação dos locais onde podemos estacionar a nossa viatura, e dá-nos as indicações no mapa até à sua localização.

      

Com mais de 70 milhões de locais de estacionamento em mais de 15.000 cidades espalhadas pelo mundo todo, Parkopedia Parking é mesmo uma app obrigatória de ter num iPhone de quem conduz no dia a dia e não só. Pesquisando por uma rua qualquer numa cidade, aparece de imediato no ecrã quais os locais disponíveis para estacionar, e com os preços indicados com a ajuda da cor para perceber quais os mais baratos (verde, amarelo e vermelho).

É possível iniciar a navegação para o local de estacionamento directamente a partir da app, mas como a Parkopedia Parking é compatível com as novas funcionalidades dos mapas da Apple, ao pesquisarmos por locais nos mapas da Apple, aparecem ícones de parques de estacionamento, nos quais podemos tocar, aparecendo de imediato o número de lugares de estacionamento e os preços, cortesia da Parkopedia Parking.

A versão gratuita já nos deixa fazer imensas coisas, mas para quem quiser aderir à compra in-app e ficar com a versão premium da app, passará a ter acesso ao número de lugares livres de cada parque, isto no caso de a informação estar disponível pelos diferentes lugares, obviamente. No geral, uma belíssima app que faz muita falta em qualquer iPhone de quem usa uma viatura no seu dia a dia.


Parkopedia Parking na App Store

Tamanho: 56 MB

quinta-feira, 3 de setembro de 2020

Textual description of firstImageUrl

Deck 'Em!

Dos criadores do jogo gratuito rvlvr. e de outros jogos que figuram até no Apple Arcade, chega-nos este jogo de cartas passado no mundo do Boxe que está formidável. Trata-se de Deck 'Em! da Frosty Pop, e podem encontrá-lo completamente grátis na App Store.

No que toca a jogos de cartas, estes de combates e RPGs, e aventuras em masmorras, têm sido dos mais divertidos e inovadores que tenho visto. Deck' Em! é mais um destes jogos muito bem pensados, que pode ser jogado imensas vezes seguidas sem cansar, e pode até viciar. Fica o aviso.

O objectivo no jogo é aguentar 12 rounds contra o campeão, e passaremos assim a fazer parte da curta lista de campeões mundiais. Depois de apanharmos a mecânica do jogo, e tivermos sorte nas cartas, os combates vão-se tornando mais fáceis, e depois é mais uma corrida à melhor classificação contra outros jogadores espalhados por esse mundo fora.

Num baralho com 52 cartas, saem 4 cartas por round, onde poderemos fazer algumas coisas como atacar o campeão (deslizando directamente a carta do soco para cima da carta do campeão), e para isto há mais do que um soco (inclusive um knockout que nos leva de imediato para o próximo round), utilizar um curativo que nos repõe a energia perdida, ou guardar as cartas na parte debaixo para serem usadas depois, ou para bloquear os ataques do campeão.


A carta de bloquear ataques é aquela que temos de aprender a usar com cuidado, pois é aqui que reside a verdadeira estratégia do jogo. Ao colocarmos uma carta de bloquear em baixo, temos depois de arrastar o campeão para cima da carta de bloquear para fazer o seu ataque. Mas apenas devemos fazê-lo quando o seu poder de ataque for menor do que aquele que conseguimos aguentar (representado num número a vermelho na carta de bloquear).

Mas o jogo é bem simples, por isso não há nada como fazer uns quantos combates para perceber como tudo funciona. É um belíssimo jogo de estratégia, que se passa num instantinho, levando-nos a fazer mais do que um combate seguido. Para subir no ranking mundial podemos fazer apostas, se estivermos confiantes que iremos ganhar, e assim levando para casa um prémio em dinheiro descomunal.


Deck 'Em! na App Store

Tamanho: 291.4 MB

quarta-feira, 2 de setembro de 2020

Textual description of firstImageUrl

CardioBot - Heart Rate Tracker

Eu já tenho uma app preferida para tratar os dados do coração obtidos pelo Apple Watch, mas a cavalo dado não se olha a dente, por isso quero salientar que têm hoje grátis na App Store esta CardioBot - Heart Rate Tracker de Majid Jabrayilov, uma app que ajuda a dar algum sentido à informação cardíaca obtida pelo relógio da Apple.


O Apple Watch faz um registo da pulsação a cada 4 minutos, e se estivermos a realizar algum exercício, então aí é constante em tempo real. Esta informação toda que fica registada no Healthkit pode ser usada por apps como esta CardioBot para dar algum sentido e ajudar a verificar qual o estado da nossa saúde.

Num ápice podemos ver qual a pulsação mínima num dia, a máxima, e a média diária. Passando pelo calendário podemos ver ao longo do tempo como tem andado a saúde do nosso coração, e se a nossa vida tem sido mais stressante ou não. Bolinhas azuis são boas, enquanto que as bolinhas laranja começam a alertar-nos para algo que pode não estar tão bem.


É possível visualizar a nossa pulsação quando estamos parados, ou durante um exercício, e mesmo até a dormir. Todos estes indicadores vêm com algumas notas da CardioBot, a dizer-nos qual o nosso estado actual, e como melhorar se for caso disso.

Coisas como o HRV, a pulsação quando estamos a dormir, ou a pulsação a caminhar, todos estes dados podem dar fortes indicadores do nosso estado de saúde cardíaca. A app traz também uma versão para o relógio, como não podia deixar de ser, onde podemos ver alguns dados e avisos, e tem uma complicação que nos mostra a média da pulsação para o dia.



CardioBot - Heart Rate Tracker na App Store

Tamanho: 5.1 MB

terça-feira, 1 de setembro de 2020

Textual description of firstImageUrl

Wormster Dash

Um jogo completamente desenhado à mão com lápis em papel, Wormster Dash da GAMELAB, é um endless runner aterrorizador que vai testar os nossos reflexos ao máximo, e está hoje gratuito na App Store.


Numa das nossas escavações, acabamos por chegar fundo demais e libertamos uma terrível minhoca gigante (Dune, alguém?), que vai avançar sem parar pelo terreno destruíndo e engolindo tudo e todos. A nós só nos resta correr sem parar, evitando todos os obstáculos no caminho, ao mesmo tempo procurando o caminho mais rápido.

É muito importante não nos atrasarmos com nada, senão vamos parar à boca da minhoca, e perdemos o jogo. Portanto há que saltar na altura certa, há que saltar ainda mais alto na altura certa, e destruir os obstáculos que nos aparecem à frente, também na altura certa (duh!).


Para o fazer temos 3 botões no ecrã, dois do lado esquerdo para os diferentes saltos em altura, e um botão do lado direito para usar o martelo gigante que levamos na mão. Cada vez que começamos a corrida, reparamos que é tudo igual, por isso é um daqueles jogos em que vamos memorizando qual o melhor caminho a fazer.

E há um caminho mais adequado para percorrer, por isso há que descobrir qual é esse caminho certo, para tentar chegar ao final do jogo, o que dá uma corrida completa de cerca de 6 minutos. Parece pequeno? Pois, mas ficamo-nos só pelo parece, que este é um jogo bem desafiante que vos vai roubar a alma. Com um desenho impecável à mão, temos aqui um jogo que vale bem a pena, especialmente em promoção, completamente grátis na App Store.


Wormster Dash na App Store

Tamanho: 183.2 MB