quinta-feira, 21 de maio de 2015

Skiing Yeti Mountain

Isto dos desportos na neve está em força nos dias que correm. O belíssimo Alto's Adventure está ao preço mais baixo de sempre, e hoje temos grátis na App Store este Skiing Yeti Mountain da Featherweight Games Pty Limited, um jogo que nos põe a esquiar montanha abaixo, enquanto procuramos pelo temível Yeti.


 O objectivo principal é fazer slalom montanha abaixo, desviando-nos alternadamente dos pórticos colocados na neve (é só seguir as setinhas), evitar bater contra as árvores, e não falhar o lado por onde temos de passar pelos pórticos senão temos de começar a descida novamente.

A procura pelo temível monstro das neves é a explicação para estarmos aqui a deslizar montanha abaixo, e pelo caminho vamos encontrando uma série de personagens que ora nos ensinam a esquiar, ou nos dão dicas preciosas para ultrapassar os desafios que aparecem mais à frente.

Depressa percebemos que o Yeti anda a fazer das suas, tanto pelos berros que ouvimos nos ares da montanha gélida, bem como pelos rastos de sangue deixados para trás na pista. O nosso mestre não vai durar muito tempo, infelizmente.

Este é um daqueles jogos que apenas necessita de um dedo no ecrã (o polegar de preferência), que ao ser deslocado para os lados, move o nosso esquiador para a direita e para a esquerda, e quanto mais virarmos, mais devagar este desliza.

Nas primeiras etapas andar devagar não é problema, mas quando começarmos a ter de saltar sobre ravinas, a velocidade vai ser mesmo necessária. De vez em quando aparece um vídeo com publicidade, o qual não precisamos de visualizar na sua totalidade, mas que pode ser eliminado se optarmos por uma única compra in-app (neste momento 50% deste dinheiro vai para as vítimas do terramoto no Nepal).

Vejam se conseguem encontrar o Yeti, demonstrem que têm a destreza necessária para vencer esta montanha, e vejam o vídeo aqui em baixo que mostra o jogo em acção. O jogo é grátis por isso é só passar pela App Store e instalar o quanto antes.


Skiing Yeti Mountain na App Store (Brasil)

Skiing Yeti Mountain na App Store (Portugal)

Tamanho: 53.1 MB



terça-feira, 19 de maio de 2015

Rapture - World Conquest

Para os fãs dos jogos de guerra e conquista do planeta tipo Risco, está hoje grátis na App Store este Rapture - World Conquest da Tundra, um jogo de estratégia em tempo real, que nos põe a conquistar o mundo em poucos minutos.


Neste jogo somos um deus invejoso, e temos de levar os nossos seguidores humanos a espalhar a nossa palavra, e também a conquistar todos os outros povos pela força. Já ouvimos esta história antes, mas aqui temos de a repetir, e bem rapidinho, que o dia do juízo final está já aí à porta, e só irá para o céu o povo que mais território conquistar (entre outras coisas).

Estamos perante um jogo de estratégia em tempo real, e a única semelhança com o jogo de tabuleiro Risco, é mesmo a parte em que temos de conquistar territórios, arrastando os nossos exércitos com o dedo. Mas no fundo é uma experiência bem diferente, e carregada de adrenalina, pois os combates estão a acontecer em tempo real, e temos de ser mais rápidos que os nossos inimigos na conquista de território.

Há muitos jogos deste género na App Store, mas que normalmente vêm com um interface bem mais simples. Este aqui tem um visual muito interessante, especialmente quando começamos a utilizar os poderes dos deuses, para devastar a terra dos infiéis, o que nos permite ver vulcões a surgir no meio da terra, furacões a levantar poeira, tsunamis a inundar tudo no seu caminho, etc.


Pois é, para além da mecânica habitual deste tipo de jogo, onde temos de tocar num território ocupado pelos nossos homens, e depois tocar num território inimigo para ver os nossos tropas a atacarem em debandada, temos em baixo uma série de poderes que podemos usar para ajudar os nossos seguidores na sua tarefa de conquista.

Ao nível de estratégia também podemos optar por investir a atenção dos nossos seguidores apenas numa categoria em particular, no seu poder militar, na produção, na tecnologia, ou no espalhar da palavra (que nos dá mana mais rapidamente, que poderá ser usado para invocar mais poderes dos deuses).


Não há nada como jogar para perceber como tudo funciona, mas saibam que podem contar com um tutorial, que deve ser a primeira coisa a fazer antes do jogo, que nos explica de forma faseada e prática, como avançar com os exércitos, como invocar poderes, mudar as estratégias, etc.

Com o dinheiro ganho nas várias missões é possível desbloquear novos mundos para conquistar, trocar de civilização (começamos com os Romanos, mas temos 18 para escolher), e optar por escolher manualmente o tipo de jogo que queremos fazer. Também é possível acelerar estas coisas através de uma compra in-app ou a visualizar vídeos com publicidade.

O jogo vem acompanhado de uma banda sonora com música clássica, que com o seu tempo acelerado, nos estimula a actuar bem rápido com os nossos exércitos, que desde o nascimento de cristo até ao ano 2250 são apenas uns minutos, e só um povo de seguidores é que escapará ao apocalipse.

Com a opção de jogar online ou localmente via Wi-Fi contra outros 3 jogadores, este é o jogo de estratégia ideal para jogar em apenas alguns minutos no iPhone, não ocupando muito tempo (mas podemos perder muito tempo a jogá-lo se quisermos, como é óbvio, que há missões atrás de missões). Podem ver aqui em baixo o vídeo de apresentação do jogo, para ficarem com uma ideia da loucura que vos espera.


Rapture - World Conquest na App Store (Brasil)

Rapture - World Conquest na App Store (Portugal)

Tamanho: 78.6 MB



quinta-feira, 14 de maio de 2015

Wedding Escape

Ao olhar para as imagens de apresentação deste jogo, ficamos com a sensação de estar perante apenas mais um jogo do género match-3, mas de facto o Wedding Escape de Rafael Lima, é um jogo gratuito muito bem humorado e com uma mecânica bem diferente daquela a que estamos habituados.



O homem não se quer casar, e cabe-nos a nós ajudá-lo a fugir. Em cada nível que iniciamos, podemos ver em cima o pobre coitado a fugir, ora da igreja (com o sogro a persegui-lo), pelas ruas fora, no aeroporto, etc, etc.

O objectivo é conseguir libertar um certo número de moedas e diamantes, de maneira a que consigamos passar ao próximo desafio. Mas aqui não se trocam peças de lugar, a mecânica é outra, temos de tocar numa peça para esta rodar, revelando a outra cor, pois moedas e diamantes têm duas cores distintas, e só combinam com peças idênticas da mesma cor.

Temos de combinar 3 ou mais peças iguais para conseguir eliminá-las do ecrã, mas para além de tocar numa peça individual e fazê-la rodar, também é possível deslizar o dedo sobre uma série delas, fazendo-as rodar a todas, o que nos permite conseguir algumas jogadas espectaculares (se forem bem pensadas).

Para nos ajudar neste desafio (conseguir eliminar todas as peças necessárias para cada nível não é nada fácil), temos em cima uma série de ajudas, que vão sendo desbloqueadas conforme o número de moedas e diamantes que vamos eliminando. Temos uma mina que rebenta a linha e a coluna, uma bomba que explode com as peças à sua volta, um íman que atrai as peças idênticas, e a possibilidade de virar todas as peças iguais.

Por outro lado, para complicar, só podemos realizar um determinado número de movimentos, o que nos obriga a pensar muito bem quais peças rodar, imaginando à partida que peças cairão, e aonde, para poder eliminar mais de uma só vez.

No jogo é possível desbloquear uma série de personagens, para quem achar piada, o que não muda de maneira nenhuma o jogo nem a forma de jogar, pois é apenas um aspecto estético. O jogo é gratuito, com compras in-app para duplicar os multiplicadores de créditos, e é um divertido puzzle para jogar nos tempos livres.


Wedding Escape na App Store (Brasil)

Wedding Escape na App Store (Portugal)

Tamanho: 41.5 MB



Zombies, Run!

Costumam fazer caminhadas ou correr enquanto ouvem música no vosso iPhone? Se não o fazem, esta é uma boa altura para começar, que a Zombies, Run! da Six to Start, está agora grátis na App Store, e vai pôr toda a gente a mexer-se para sobreviver numa cidade infestada por zombies.



As pulseiras de fitness e relógios inteligentes já nos puseram a caminhar e a movimentar cada vez mais nos dias que correm. Há até jogos que nos incentivam a fazer exercícios, como o Dungeon Runner: Fitness Quest, também da mesma companhia do Zombies, Run!, a Six to Start.

Confesso que sempre tive curiosidade em experimentar este Zombies, Run!, e agora que está gratuito, não há mais desculpas. Se não têm o hábito de dar uma corrida ou caminhada ao final do dia, então está na altura de começar a pensar nisso, que esta app / jogo, é a companhia ideal.

Em vez de darmos essa volta apenas a ouvir música, podemos fazê-lo ligado a um universo tipo Walking Dead, onde somos apenas mais um jovem corredor, numa equipa de vários corredores, que passeiam pela cidade à procura de mantimentos, tentando manter-se longe das garras dos zombies que estão espalhados por todo o lado.

Há aqui uma história a acompanhar, sempre que abandonamos o acampamento, temos de cumprir uma determinada missão, seja deslocarmo-nos até um hospital para salvar alguém e recolher informações médicas, ou simplesmente passear pela cidade à procura de mantimentos para abastecer o nosso acampamento.

Ao iniciarmos uma missão, temos um determinado tempo mínimo para a cumprir, o que quer dizer que teremos que caminhar (ou correr) durante 40 minutos, tempo este em que vamos ouvindo música (ou então em silêncio, se preferirmos), sendo interrompido de tempos a tempos por uma voz via rádio que nos diz o que temos de fazer, ou que estamos a ser perseguidos por uma horda de zombies, ou simplesmente contando mais partes da história.


Os profissionais da corrida vão adorar activar a opção em que somos avisados da proximidade de zombies, obrigando-nos a correr mais depressa durante alguns segundos para lhes fugir. Para quem aprecia uma caminhada ou corrida mais casual, basta ter esta opção desactivada, o que implica passar ao lado do momento adrenalina. ;)

As vozes são profissionais, em inglês, e vão contando uma história bem interessante, que vai avançando em cada corrida / missão que fazemos. Percorrer terreno é importante, que é durante a corrida que vamos apanhando items importantes para usar depois no nosso acampamento.

Sim, há uma parte que é um jogo, onde podemos usar os items e mantimentos para melhorar as estruturas na nossa base, uma quinta que produz comida, uma torre de defesa que precisa de ser reforçada, e outras estruturas que têm de ser construídas, como uma torre de comunicações, mais tendas para aumentar o número de sobreviventes a viver no acampamento, etc. Melhorar o acampamento permite-nos desbloquear novas missões todas as semanas.

Quem não tiver paciência para esperar pacientemente semana a semana pelo desbloquear das novas missões que vão avançando a história, é possível adquirir uma subscrição mensal ou anual através de uma compra in-app. Isto também permite desbloquear missões especiais como ir até um ponto específico no mapa do local onde nos encontramos, etc.

Mesmo assim, a versão gratuita vale bem a pena, porque para além das missões que vamos desbloqueando, há sempre as missões livres que são infinitas, com objectivos como ir recolher comida, combustível, peças para reparar gadgets, medicamentos, etc. Dar uma caminhada ou corrida, sendo interrompidos pelas comunicações rádio vindas da base, onde nos dão conta de um outro runner que morreu, ou que estamos a ser perseguidos por zombies, dá outra vida ao nosso passeio / exercício.

A app funciona tanto com GPS (registando no mapa o nosso percurso), ou simplesmente a contar passos (bom para não gastar bateria, ou para correr num tapete). Todos os dados destes exercícios podem também ser partilhados com a app Saúde do iPhone.


Zombies, Run! na App Store (Brasil)

Zombies, Run! na App Store (Portugal)

Tamanho: 271 MB



quarta-feira, 13 de maio de 2015

Quetzalcoatl

Aqui temos mais um quebra cabeças que se baseia em conceitos antigos, mas que os reinventa de uma maneira bem cativante. Estou a falar de Quetzalcoatl da 1Button SARL, um jogo que está temporariamente gratuito na App Store.



Estão a imaginar o antigo jogo para telemóveis Snake? Não tem nada a ver! Ok, até tem, pois há que manipular com o dedo umas pequenas "cobras" (estas não aumentam de tamanho, nem se alimentam de frutas), de maneira a que os círculos coloridos do seu corpo fiquem sobre as zonas coloridas do fundo do ecrã.

Só podemos puxar ou pela "cabeça" ou pelo "rabo" desta cobra, e podemos movê-la livremente sobre a plataforma que temos no ecrã. As cobras não podem passar umas sobre as outras, nem sair fora desta plataforma, e aqui está o desafio principal, mover cada uma delas à vez, até conseguirmos colocar os círculos sobre a cor respectiva do fundo.

Como seria de esperar, dos primeiros níveis com poucos quadradinhos e cobras pequeninas, passamos para plataformas enormes, carregadas de cobras, e pouco espaço para nos movermos. Temos aqui 180 puzzles para resolver, num jogo com uma mecânica clássica que foi aqui reimaginada de uma forma brilhante.

Vejam aqui em baixo um vídeo que mostra o jogo em acção, e aproveitem para o instalar já hoje, num iPhone ou iPad, enquanto está gratuito na App Store.


Quetzalcoatl na App Store (Brasil)

Quetzalcoatl na App Store (Portugal)

Tamanho: 5.3 MB



terça-feira, 12 de maio de 2015

Camera51

Se não levam muito jeito para a fotografia e querem experimentar algo diferente, esta Camera51, é uma app gratuita que nos ajuda a tirar fotografias bem interessantes, assim como disparar selfies bem enquadradas sem ter de carregar no botão.



Usar esta app é como ter um professor ao nosso lado, que nos diz para onde apontar o iPhone para tirar a melhor foto possível. A inteligência artificial da app analisa as linhas e objectos na imagem para encontrar o melhor enquadramento possível (regra dos terços por exemplo), pedindo-nos de seguida para mover o iPhone para a posição que aparece desenhada no ecrã.

A Camera51 para além de nos ajudar com o enquadramento "perfeito", analisa a imagem em tempo real para ajustar o foco e a luminosidade necessária para que a foto fique boa. Existem alguns controlos manuais, como por exemplo a possibilidade de seleccionar de 1 a 3 pontos de interesse, que a app terá em conta para nos aconselhar para onde apontar o iPhone e reajustar os parâmetros da câmara.

Se quisermos, podemos até activar uma opção que nos avisa de objectos que podem estar a intrometer-se na imagem, e que estragarão a foto final (assinalados a vermelho nas bordas do ecrã), levando-nos a mover o iPhone de forma a removê-los da imagem ou então a incluí-los.

O modo de selfie é deveras interessante, e por si só vale logo a pena ter esta app instalada. A app detecta automaticamente o nosso rosto, e tira a foto sem termos de nos preocupar em tocar no botão para disparar. Isto também funciona para selfies de grupo, detectando de imediato os vários rostos, e pedindo para deslocarmos o iPhone para uma melhor posição.

Para quem se farta de tirar fotos e partilhá-las por Email ou nas redes sociais, é possível ter um botão a aparecer de imediato sempre que tiramos uma foto, onde podemos com um único toque enviar a foto para o Facebook, Twitter, ou Email pessoal.

Esta app necessita de um iPhone 5 ou melhor, pois a sua análise de imagem em tempo real puxa imenso pelo processador do iPhone. Se tiverem as mãos frias, esta é a app ideal para usarem, que num instante ficam com elas quentes. Posto isto, recomendo que tirem a foto que querem registar, e fechem a app, senão vão poder estrelar um ovo em poucos minutos. ;)


Camera51 na App Store (Brasil)

Camera51 na App Store (Portugal)

Tamanho: 17.7 MB



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...