quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Textual description of firstImageUrl

Robbery Bob

Uma saída fácil da cadeia é muito bem vinda no Monopólio, mas não é o caso aqui neste Robbery Bob da Chillingo, um jogo casual de polícias e ladrões que se encontra hoje gratuito na AppStore.


Aqui o caso é bem mais complicado para o nosso personagem Bob. A ajuda para sair da cadeia acaba por nos ficar cara, e a paga é nada mais nada menos do que roubar uma série de casas, e isto sem ser apanhado pela polícia, ou pelos donos da casa, que farão de tudo para nos agarrar.


A ideia é simples, entramos nas casas pé ante pé, apanhamos tudo o que brilha, ou que tenha o símbolo de dinheiro, e voltamos a sair pela porta por onde entramos, ou outra saída qualquer, se disponível.

Para controlar o nosso ladrão temos um pequeno joystick, e um único botão no ecrã para dar corda aos sapatos e começar a correr, que será muito útil na hora em que formos descobertos pela polícia ou pelos moradores.


No início começamos por roubar casas vazias, mas depressa temos pessoas a passearem pela casa, e só podemos contar com o nosso timing e com umas bolinhas no chão, que mostram o caminho que irá ser percorrido pela pessoa, e se estamos em perigo de ser descobertos (cor branca é bom, vermelho, já fomos). Também podemos usar o dinheiro ganho para melhorar as nossas capacidades ninja, e para adquirir certos items que nos poderão desenrascar no momento em que estivermos a ser perseguidos.

Com 3 locais direferentes a explorar, e mais de 50 níveis para concluír, podem esperar que a coisa se complique ainda mais, com velhinhas a perseguirem-nos com o rolo da massa, polícias, armadilhas estilo o filme "Sozinho em casa", onde não faltam sequer canhões (quem é que põe canhões dentro de casa?), têm aqui um belo jogo casual para passar o tempo.

Disponível hoje gratuito, compatível com o iPhone e iPad, vejam o vídeo de apresentação do jogo, e instalem-no quanto antes, que não tarda subirá de preço.

Robbery Bob na AppStore (Brasil)

Robbery Bob na AppStore (Portugal)

Sem comentários :

Publicar um comentário