segunda-feira, 29 de junho de 2020

Textual description of firstImageUrl

Beyond a Steel Sky

Tenham ou não jogado o clássico Beneath a Steel Sky, uma aventura point-and-click que se podia jogar em 1994 nos PCs e no Commodore Amiga (e agora num iPhone ou iPad), só pelo facto de voltar a ter Dave Gibbons (um dos artistas gráficos de Watchmen) como um dos criadores desta espécie de sequela, Beyond a Steel Sky da Revolution, é logo motivo para ficarmos super interessados em mais uma grande aventura passada em Union City.


E o que foi conseguido aqui é deveras espectacular. Pegar no que poderia ser mais uma aventura point-and-click 2D, e transformá-la numa aventura passada na primeira ou terceira pessoa em 3D, é qualquer coisa de magnífico e deslumbrante.

É como se de repente pudessemos entrar nos nossos jogos favoritos point-and-click. É vestir as botas de Guybrush Threepwood e passar a ver o mundo de The Secret of Monkey Island através dos seus olhos directamente no terreno.

Ao nível gráfico, artístico, e de execução, há muitas palmas para bater a estes senhores. Mas mesmo ao nível de história, voltamos a ter uma aventura carregada de humor nos diálogos entre os personagens, no enredo mirabolante e misterioso, e no ambiente Sci-Fi Steampunk que não deixará ninguém indiferente.

Há muito texto para ler neste jogo, como é habitual nos melhores jogos point-and-click dos anos 90, muitos puzzles para resolver para podermos avançar na história, e um grande mistério a descortinar. Quem vem do primeiro jogo vai adorar as referências ao clássico, mas qualquer pessoa que nunca tenha ouvido falar de Beneath a Steel Sky vai ficar completamente agarrada a esta grande aventura, que podem encontrar apenas na Apple Arcade, a qual já disse aqui várias vezes, que vale bem a pena os 5€ por mês, e pelos seus mais de 100 jogos.


Beyond a Steel Sky na App Store

Tamanho: 3.4 GB



Sem comentários :

Publicar um comentário