quinta-feira, 28 de março de 2019

Textual description of firstImageUrl

The Elder Scrolls: Blades

E eis que é chegado finalmente o momento de termos nas nossas mãos o espectacular The Elder Scrolls: Blades da Bethesda, um jogo gratuito baseado na série de jogos The Elder Scrolls que já tinha sido anunciado numa apresentação da Apple em Setembro de 2018, e que tanto nos fez esperar até agora (e ainda mais um pouco para algumas pessoas, portanto haja paciência), mas que tenho a certeza valeu bem a pena a espera.


Inspirado num mundo aberto de fantasia também usado em jogos como o famoso Skyrim, este dungeon crawler vai-nos pôr a explorar um mundo carregado de perigos, a salvar pessoas, a completar todo o tipo de missões que nos são dadas por habitantes espalhados por todo o lado, e até a reconstruir uma cidade totalmente destruída por monstros.

Vamos ter muitos combates pela frente, e o sistema de combate está muito porreiro (mesmo que pareça estranho nas primeiras lutas). Temos de tocar no ecrã para activar a arma, e soltar para desferir o golpe no momento certo. Se esperarmos até o círculo que aparece no ecrã ficar preenchido, desferimos um golpe com a sua potência máxima. Temos também no ecrã um botão para levantar o escudo e assim nos protegermos dos ataques dos monstros.


Navegar neste mundo é tão fácil como tocar no chão para nos deslocarmos para esse local, e tocar nos objectos que estiverem a brilhar faz com que estes passem para o nosso inventário. Comida e outros items como plantas podem recuperar a nossa energia perdida, e os materiais como madeira, ferro, cobre, etc, poderão ser vendidos ou usados para fabricar armas e reconstruir edifícios na cidade destruída.

À medida que vamos encontrando baús com ouro e outras coisas boas, e encontrando mais materiais, conseguiremos ter dinheiro e items suficientes para ir reconstruíndo a cidade, e começamos logo pelo ferreiro, que este poderá assim fabricar novas armas e armaduras, e também arranjar equipamento que se esteja a deteriorar com o uso.


É a falar com os habitantes da cidade que vamos conseguindo novas missões, que nos darão mais ouro e materiais sempre que as completemos com sucesso, e há também um quadro na cidade onde serão afixados diáriamente trabalhos para nós executarmos, o que faz com que haja sempre qualquer coisa para fazer neste jogo. Tanto podemos perder alguns minutos numa missão, como passar horas a completar trabalhos e todas as missões que nos aparecerem pela frente.

Como RPG é um jogo bem completo, pois temos todos os sistemas que estão normalmente presentes neste tipo de jogos. Criar o nosso herói à nossa medida em relação ao seu aspecto físico, e depois armá-lo com todo o tipo de armas que nos apetecer, e vesti-lo com armaduras desde a cabeça aos pés para maior protecção. Temos uma árvore de habilidades para ir melhorando, poderes especiais, e magias como seria de esperar.


Para quem tem uma conta da Bethesda criada já há algum tempo, e tiver um iPhone acima do 6S, é bem provável que possa começar a jogar mal faça login no jogo, podendo avançar de imediato para a primeira missão em modo de tutorial. Todos os outros poderão ter de aguardar um pouco para ter acesso ao jogo, pois este está a dar acesso aos jogadores de forma faseada neste momento.

Portanto há que registar conta no site da Bethesda e pedir para aceder ao jogo o mais rápido possível nesta página. Depois é só aguardar pelo email a avisar que já podem entrar no jogo e começar a explorar este mundo deslumbrante de fantasia. Ainda não temos o modo multijogador activo, mas está prometido para breve os combates na Arena entre jogadores de todo o mundo, como se pode ver na imagem aqui em cima. O jogo é gratuito, mas é possível comprar esmeraldas para adquirir baús com ouro, armas e materiais, e até para acelerar a abertura de baús ou construção de edifícios ou armas, etc.


The Elder Scrolls: Blades na App Store

Tamanho: 147.7 MB



Sem comentários :

Publicar um comentário