segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Textual description of firstImageUrl

Pocket Trains

Há um grande problema em começar a jogar um jogo da NimbleBit, pois são quase sempre extremamente viciantes, como foi o caso de Tiny Tower ou Pocket Planes, e ainda mais agora com este Pocket Trains, um magnífico e aliciante simulador gratuito, onde temos de criar e gerir os destinos de dezenas de comboios.


O jogo já saíu há uns dias, e eu tentei evitar, mas caio sempre no mesmo erro de instalar estes jogos da NimbleBit, e depois é o que se vê, sempre a pegar no iPhone para ver se os meus comboios já chegaram ao destino, ou se já posso criar uma linha para uma nova cidade, ou mesmo até se já tenho dinheiro suficiente para comprar um comboio maior e mais potente.

E é mais ou menos isto, ora estamos na estação, onde podemos melhorar o nosso comboio, escolher quais as mercadorias que este vai carregar e seleccionar o seu próximo destino, ora estamos em movimento onde podemos ver o comboio a avançar na linha, ou então estamos num menu onde podemos juntar partes de comboios para criar um novo, ou até aceder à opção de criar uma nova linha para um novo comboio.


Para um jogo de simulação, este Pocket Trains acaba por ser bem simples, o que acaba por ser apelativo para todo o tipo de jogadores. Só pode viajar um único comboio numa determinada linha, mas estes podem partilhar ao mesmo tempo uma mesma cidade, porque as linhas acabam por intersectar com várias cidades em comum. Um comboio pode viajar por várias linhas entre o número de cidades que quisermos, mas à medida que vamos tendo mais comboios podemos atribuir alguns troços das linhas existentes às novas máquinas, para uma melhor gestão e eficiência do sistema.

Quando acedemos ao mapa na estação, podemos escolher as mercadorias que nos interessa transportar para a cidade de destino, e regra geral, se tiver mais moedas, é porque se trata de uma mercadoria mais valiosa (tendo em conta o valor para o número de carruagens que ocupa). Ao pararmos numa estação com um comboio, podemos deixar lá mercadorias em armazém, para que sejam levadas por outro comboio para outro destino qualquer.


A única coisa que acaba por nos limitar é o número de carruagens que leva cada comboio (os primeiros comboios apenas podem levar 8 composições), e o combustível, que acaba por se esgotar, bastando aguardar numa estação para que se restabeleça, ou então usando as notas virtuais para encher o depósito de imediato.

As notas também podem ser usadas para acelerar as viagens, desbloquear mais peças para criar novos comboios, e até para comprar dinheiro em moedas (que é usado para outras coisas). As notas podem ser obtidas através dos transportes de mercadorias, ou em viagens (onde aparecem junto com as moedas, as quais devemos agarrar tocando com o dedo), ou mesmo através de uma compra in-app (algumas são grátis se visionarmos alguns vídeos de publicidade).


Há uns caixotes especiais que vamos transportando como mercadorias, e quando chegam ao seu destino podem ser abertos, revelando no seu interior partes que podem dar origem a um novo comboio (o que nos vai custar dinheiro em moedas). Para cada um destes novos comboios, podemos escolher construir um novo motor (um novo comboio), ou uma carruagem de combustível para agregar a um comboio já existente (o que nos permite viajar mais horas sem ter de aguardar que o depósito volte a ter combustível suficiente).

No mapa podemos tocar nas linhas não usadas, para ter acesso a novos destinos, novas cidades. E à medida que o jogo vai avançando, acabamos por conseguir dinheiro suficiente para adquirir licenças para operar fora da Europa, passando a ter acesso ao mercado da Ásia, América, etc, etc.


Os gráficos são aqueles a que já fomos sendo habituados pela NimbleBits nos seus outros jogos de gestão de tempo, com o seu aspecto retro 8-bit, com os simpáticos bonequinhos a passearem-se pelas estações e nas carruagens temáticas, e com umas belas animações dos comboios em movimento através das paisagens do planeta.

Este jogo é gratuito (com compras in-app, que não são de todo necessárias), e é completamente viciante, por isso ficam já avisados. Dos jogos freemium que já joguei, sinto que este é dos que menos apela às compras in-app, e bem pelo contrário, nos consegue manter agarrados a estes comboios e linhas durante horas seguidas, sempre a tentar aumentar o nosso grande Império ferroviário.


Pocket Trains na App Store (Brasil)

Pocket Trains na App Store (Portugal)

Tamanho: 47.9 MB


Sem comentários :

Publicar um comentário