sábado, 26 de setembro de 2015

Textual description of firstImageUrl

Blackwell 4: Deception

A semana passada tivemos disponível gratuito na App Store o primeiro episódio da série Blackwell. Há 2 dias atrás estreou-se o 4 episódio, Blackwell 4: Deception da Wadjet Eye Games, uma grande aventura point-and-click que nos traz mais puzzles e crimes para resolver.


A nossa heróina Rosa e Joey, o seu companheiro fantasma, continuam as suas aventuras a resolver mistérios e crimes, e a libertar os espíritos que ficaram presos na terra, por causa de assuntos mal resolvidos e por não conseguirem encarar a sua própria morte.


Desta vez arrancamos o jogo a meio da resolução de um caso, onde encontramos Rosa e Joey a bordo de um iate a tentar resolver um estranho mistério. O iate sai todas as noites sozinho, em que ninguém consiga explicar porque é que isto acontece.

Ao explorarmos o iate podemos ver que este se começa a mover, e depressa percebemos que há um espírito a controlá-lo. Cabe-nos a nós, com a ajuda de Joey e Rosa, descobrir como convencer o espírito de que já não pertence ao mundo dos vivos, e ajudá-lo a seguir o seu caminho.


Todos os mistérios são para ser resolvidos como se tivessemos um puzzle à nossa frente. Temos de conversar com as personagens para obter dicas, agarrar em objectos, combiná-los com outros objectos no inventário, e tentar combinar as dicas nas nossas notas para obter outras novas.

A qualquer altura é possível alternar entre o controlo de Rosa, ou Joey, o que será necessário para resolver a maioria dos puzzles. O Joey, como é um espírito, pode atravessar portas por exemplo, permitindo-nos ver o que se passa dentro de um determinado lugar, e obter informações que possam ser usadas por Rosa para avançar na história.


Como é costume, a maioria dos diálogos são carregados de humor, por isso há que tentar seguir todas as conversas possíveis que se pode ter com qualquer personagem, até porque poderá ser necessário para obter o maior número de dicas.

Para resolver os mistérios mais complicados há que seguir por tentativa e erro, voltando a falar com as mesmas personagens uma e outra vez, experimentar observar os cenários ora com Joey ora com Rosa, porque podem obter resultados diferentes. Mas regra geral vai-se percebendo bem o que fazer a seguir para descobrir mais um bocado da história.


O jogo tem um grafismo pixelizado a fazer lembrar os clássicos jogos point-and-click dos anos 90, tem uma música a acompanhar muito boa, e as vozes dos personagens são espectaculares, sendo até possível activar o modo de comentários nas opções, onde se podem ouvir gravações extras dos actores e da equipa técnica a explicar partes do jogo. Isto será ideal para fazer se quisermos repetir o jogo, mal o terminemos (o que tem a sua piada).

Se passarem pela App Store podem encontrar todos os 4 episódios da série Blackwell, e apesar de estarem seguidos, é possível jogar qualquer um deles sem uma ordem específica. Jogar o primeiro episódio seria o ideal, para se perceber como chegamos a esta dupla de detectives improvável, mas não é absolutamente necessário.

A série Blackwell terminará com a chegada do quinto episódio, mas até lá, se ficarem fãs como eu, vão jogar todos os 4 episódios, para depois se dar finalmente por terminada esta grande aventura. Vejam aqui em baixo o vídeo de apresentação do quarto episódio para perceberem a sua qualidade gráfica, e vos deixar logo agarrados ao mistério que têm pela frente.


Blackwell 4: Deception na App Store (Brasil)

Blackwell 4: Deception na App Store (Portugal)

Tamanho: 382 MB



Sem comentários :

Publicar um comentário